Follow by Email

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

"MÉDICO DIZ QUE EXAMES DE LULA SÃO ANIMADORES"


Médico diz que exames preliminares de Lula são 'animadores'



Lula chegou ao hospital Sírio-Libanês para a terceira e última sessão da quimioterapia. Foto: Aloisio Maurício/Terra
Lula chegou ao hospital Sírio-Libanês para a terceira e última sessão da quimioterapia

O médico do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Roberto Kalil Filho, disse no final da manhã desta segunda-feira que os resultados preliminares de seus exames permitem otimismo. "Os primeiros resultados são animadores", disse o médico, acrescentando que mais detalhes seriam revelados à tarde.
O ex-presidente foi internado na manhã desta segunda-feira no hospital Sírio Libanês para a terceira e última sessão de quimioterapia contra um câncer na laringe, diagnosticado em outubro.
Lula chegou ao hospital pela garagem, sem acesso da imprensa por volta das 7h30 (horário de Brasília), e foi submetido a alguns exames, como uma laringoscopia e uma tomografia, para avaliar os resultados obtidos do tratamento.
O ex-presidente, de 66 anos, afirmou no domingo estar confiante no sucesso do tratamento. "Os médicos estão otimistas, então eu não tenho porque não estar", disse Lula, que posou para fotos sem o chapéu que usava para esconder a cabeça raspada.
Segundo sua assessoria, Lula passará a noite internado e provavelmente receberá alta na terça. Os médicos também poderão submeter o ex-governante a outros exames para detectar metástases.
Após a quimioterapia, Lula será submetido no início de 2012 a sessões de radioterapia para reforçar o tratamento. O ex-presidente recebeu em 29 de outubro um diagnóstico de câncer na laringe e dois dias depois começou as sessões de quimioterapia no mesmo hospital em que foi tratada a presidente Dilma Rousseff, que se curou de um câncer linfático.
O câncer de Lula


Após queixa de dores de garganta, Lula realizou uma série de exames na noite de 28 de outubro. Na manhã do dia seguinte, foi divulgado boletim médico do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, informando que foi diagnosticado um tumor maligno na laringe, que seria inicialmente tratado por quimioterapia.
O câncer na região da laringe é mais comum entre homens e o de maior incidência na região da cabeça e pescoço. Os principais fatores que potencializam a doença são o tabagismo e o consumo de álcool. Já os sintomas são: dor de garganta, rouquidão, dificuldade de engolir, sensação de "caroço" na garganta e falta de ar.

Postado por;




***FRANCI DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário