Follow by Email

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

"TEMPLO DA IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS É CONSTRUÍDO EM TEMPO RECORD"


Fiéis da Assembleia de Deus constroem igrejas em apenas um final de semana


















O final de semana pode ser aproveitado de várias formas: viajando, visitando parentes e amigos, promovendo festas, churrascos, aproveitando para fazer a faxina da casa e resolver pendências - e até mesmo a opção pelo ócio absoluto. Mas os fiéis da Assembleia de Deus (Ministério Madureira) em Barra Mansa acabam abrindo mão do lazer e das obrigações particulares por um motivo nobre: construir em aproximadamente 48 horas mais um templo da denominação religiosa.
A ideia de se promover um mutirão para erguer as paredes dos templos partiu do pastor Francisco Cláudio dos Santos, que é o 1º vice-presidente da Assembleia na cidade - e que conta com pouco mais de três mil membros. Já foram construídas quatro igrejas dentro do esquema: no Goiabal, Vila Ursulino, loteamento Primavera e Roselândia (que foi concluída no início do mês).
Segundo o religioso, a ideia da construção coletiva surgiu quando era o responsável pela denominação religiosa em Itatiaia, que foi feita em um tamanho menor. Ao perceber que a iniciativa foi um sucesso, decidiu aumentar o tamanho da empreitada, realizando a mesma atividade quando esteve na cidade de Petrolina, em Pernambuco.
- Resolvi aumentar o tamanho da construção devido à animação dos fiéis. São cerca de 40 pessoas para conseguir erguer a igreja durante o final de semana, apenas o alicerce é feito antes. Levantamos as paredes, colocamos janelas, piso, emboço, instalamos a parte elétrica e hidráulica e fazemos a pintura de sexta até domingo de manhã - explicou.
Francisco tem uma empresa de galpões e estruturas metálicas em Vassouras, que faz a doação do teto, janelas e portas. O restante do material é obtido através de doações e também com a arrecadação por meio dos dízimos e eventos realizados pela Assembleia, como almoços. O terreno é comprado antecipadamente.
- Eu já procurei na Internet e não conheço iniciativa como a nossa. Colocamos no início da semana uma faixa no terreno ainda vazio convidando as pessoas para o culto no domingo, ao meio-dia. Construímos não só a igreja, mas também levantamos os banheiros, a cozinha e a cantina. Mas queremos ampliar a construção, fazer um centro social para as crianças - detalhou.
As estruturas construídas em Barra Mansa comportam cerca de cem fiéis, e acabam com transtornos como os vividos pelos membros da denominação no loteamento Primavera, que alugavam um pequeno salão onde os cultos precisavam ser cancelados toda vez que chovia mais forte e o rio próximo ao local transbordava.
- Vi que era necessário mudar essa história de "obra de igreja" e pensei em agilizar o processo. O custo para levantar um templo como fazemos fica em torno de 25 a 30 mil reais, e contamos com o trabalho voluntário de todos. São pedreiros, eletricistas e pintores da própria igreja que oferecem a mão de obra sem custo algum, e os outros membros são divididos em grupos para auxiliar nas tarefas. Mostro para eles que o dinheiro investido vem deles mesmos - destacou o pastor.

Novos templos
Os planos de expansão da iniciativa vão continuar em 2012, conforme explicou o religioso. O próximo bairro a contar com um templo da Assembleia será o São Domingos, no próximo ano.
- O objetivo é, na medida do possível e das necessidades, erguer novas igrejas na cidade. Procuramos fazer o básico, e depois realizamos o restante. Fico feliz de ver a união do povo. Dentro da igreja tem quem não acredite, mas conto com as pessoas que têm fé - afirmou o pastor Francisco, destacando que Barra Mansa já conta com 52 templos e está disposto a compartilhar a experiência com religiosos de outras cidades.

Com disposição
O mecânico Leandro Izídio, de 34 anos e morador do loteamento Primavera, foi voluntário na construção de dois dos templos erguidos em mutirão, e destaca os benefícios da iniciativa - sob vários aspectos.
- A alegria das pessoas é muito grande ao ver a obra concluída. No dia da inauguração ficamos felizes, satisfeitos. É um lugar bom confortável, diferente do salão que ocupávamos antes. Estamos com disposição de ajudar ainda mais, eu mesmo busco contribuir em todas as áreas - afirmou Leandro.

FONTE: Notícias Cristãs! 

Aqui está mais uma prova de que se nós quisermos poderemos não só construir uma igreja em final de semana, mas, podemos construir casas à desabrigados de diversos catástrofes  como; Ciclones, tempestades, entre outros. Esse modelo bem que poderia ser utilizado por nossos governantes em conjunto aos desabrigado e voluntários. O governo entra com a parte de material e terreno, e os voluntários e desabrigados com a mão de obra!





Escrito por;









***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário