Follow by Email

domingo, 18 de dezembro de 2011

"ICAR, SE SENTE ENVERGONHADA POR ABUSOS SEXUAIS À ADOLESCENTES"



Igreja católica «envergonhada» devido a abusos sexuais a crianças.





A igreja católica, através da Conferência dos Bispos e a Conferência Religiosa Holandesa (KNR) pediram «sinceras desculpas» e disseram estar «envergonhadas», na sequência do relatório que as próprias encomendaram e que deu a conhecer milhares de casos de abusos sexuais de padres a crianças.
Em comunicado, as organizações disseram estar «chocados»: «Os bispos e diretores da KNR estão chocados com o abuso sexual de menores e as práticas descritas no relatório final. Isso enche-nos de vergonha e dor», refere o documento. 
«Os agressores não são os únicos culpados. Há autoridades da Igreja que não agiram correctamente e não deram prioridade aos interesses e cuidado das vítimas também têm culpa. Lamentamos profundamente esses abusos», lê-so no texto. 
Dezenas de milhares de crianças sofreram abusos sexuais em instituições católicas holandesas desde 1945, segundo revela um relatório preparado por uma comissão independente no país. 
O documento diz ainda que os líderes da Igreja Católica sabiam dos abusos, mas não tomaram medidas para acabar com os frequentes episódios que aconteciam em escolas, seminários e orfanatos. 
Após realizar uma pesquisa com mais de 34 mil pessoas, o relatório estima que uma em cada cinco crianças em instituições católicas sofreram algum tipo de abuso. 
A investigação foi realizada após uma série de denúncias no leste do país. 
Em Agosto de 2010, a comissão independente começou a analisar os relatos e acabou por identificar 800 supostos responsáveis pelos abusos, 100 dos quais ainda estão vivos. 
A comissão procurou ainda descobrir detalhes do que aconteceu e sugerir que tipo de indemnização deveria ser oferecida às vítimas. 
No mês passado, a Igreja Católica na Holanda criou um sistema de indemnizações entre 5 mil e 100 mil euros, dependendo da gravidade do abuso sofrido.







Postado por;
















***FRANCIS DE MELLO****

Nenhum comentário:

Postar um comentário