Follow by Email

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

DEPUTADO; EX-DELEGADO POLICIA FEDERAL PEDE PRISÃO DO GOVERNADOR DO DF"


Deputado recorre à Justiça por prisão de governador do DF






O deputado federal Fernando Francischini (PSDB-PR) encaminhou nesta terça-feira à Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília, representação criminal com pedido de prisão preventiva do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT). Suspeito de participar de um esquema de desvio de verbas do Ministério do Esporte, Agnelo Queiroz, conforme a revista Isto É, viu o patrimônio de sua família atingir o patamar de cerca de R$ 10 milhões entre o início de 2008 e setembro deste ano.
O crescimento suspeito dos bens de sua família está sendo investigado pela Polícia Federal (PF) e o Núcleo de Combate às Organizações Criminosas (NCOC) do Ministério Público do Distrito Federal. "Certo que a prisão preventiva é medida excepcional, que neste caso se evidencia necessária, com base na autorização concedida pela Constituição Federal, uma vez que se pretende o resguardo da paz social e jurídica, e à vista da pressuposta manutenção da ordem pública e econômica, conveniência da instrução criminal e aplicação da lei penal", defendeu o parlamentar na ação.
Na ação encaminhada ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel Francischini, que é delegado licenciado da Polícia Federal, também defende a quebra do sigilo bancário e fiscal e bloqueio dos bens da família do governador. Pede ainda a prisão do irmão do governador, Ailton Queiroz, e o bloqueio de bens da família de Agnelo e da dupla Glauco Alves e Santos e Juliana Suaiden Alves e Santos, casal que teria emprestado seus nomes para a compra de franquias para a família de Agnelo em troca de favores.

Postado por;



***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário