Follow by Email

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

"FINALMENTE HAVERÁ INCENTIVO PARA OS CANTORES DA MÚSICA GOSPEL"


Senado aprova incentivo fiscal para música gospel.






















O plenário do Senado aprovou na noite desta terça-feira (20) projeto que reconhece a música gospel como "manifestação cultural". A classificação permite que o gênero receba incentivos fiscais previstos na Lei Rouanet, em que as empresas podem descontar do Imposto de Renda o valor investido nas produções. Os recursos deduzidos compõem orçamento do Ministério da Cultura. O projeto segue agora para sanção presidencial.
Gospel é a denominação dada a composições feitas para expressar a fé cristã. Pelo texto, "ficam reconhecidos como manifestação cultural a música gospel e os eventos a ela relacionados, exceto aqueles promovidos por igrejas", conforme aprovado pelo Senado.
A proposta foi feita em 2007 pelo ex-deputado Robson Rodovalho (DF), bispo e fundador da denominação evangélica Sara Nossa Terra.
No Senado, a proposta foi aceita pelas comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Educação, Cultura e Esporte (CE). Sua votação nesta quarta ocorreu em regime de urgência e não foram apresentadas emendas (mudanças).



Notícias Cristãs.



Finalmente o Senado brasileiro tomou uma iniciativa de austeridade, peso e muito valor e admiração, que merece ser aplaudido. Os representantes e artistas da música gospel receberá incentivos para seu projetos. O mais importante desse projeto é que de agora em diante a musica gospel passa a fazer parte da cultura brasileira, que até então não se poderia ter esse incentivo, todos e quaisquer projeto no sentido, teria que ser por conta dos responsáveis e organizadores, quando muito, a prefeitura local ajuda em algo do tipo, palanque, praças e sons em alguns casos.
Depois do projeto sancionado por a presidente Dilma, os eventos culturais de cunho público, que não seja de interesse de nenhuma igreja, e sim da população num todo, receberão o referido incentivo. Porém resta saber qual seria o referido incentivo que determinado grupo conforme matéria acima tenha direito a receber.
Mas, é claro que o mais importante é que o projeto já foi votado favorável por o Senado, e esperamos que possa ser sancionado por a presidenta! O fato de ter o referido incentivo, já por si só é um grande avanço de cultura brasileira que agora pode contar com mais esse tipo de musica em seus eventos!

Escrito por;







***FRANCIS DE MELLO***

Um comentário:

  1. Já não era em tempo.
    se bem que eu não acredito nessas leis que fazem para privilegiar ou ao menos incentivar religiosos outras que não seja a ICAR. Essa tem todas as regalias no mundo todo, conheço uma cidade onde a prefeitura construiu um salão paroquial para a ICAR e garantiu todo material e mão de obra. Agora banca mais de 70% da reforma da matriz com dinheiro público!
    Mas, em fim alguma coisa que possa car-nos por uns momentos!

    ResponderExcluir