Follow by Email

sábado, 21 de janeiro de 2012

"SER MISERICORDIOSO FAZ PARTE DE UMA VIDA DIGNA DE MISÉRICORDIA"

Tire os olhos da sua dor! Ainda que a sua situação seja difícil, olhe para trás e você verá que existem pessoas sofrendo tanto ou até mais que você. Como Rute, elas também enfrentam a dor da perda, do fracasso, da vergonha e estão vivendo em profunda humilhação, dependendo apenas de Deus e do socorro das pessoas. Elas estão no mesmo campo de Boaz, onde você tem sido socorrido misericordiosamente. Talvez você já tenha reconhecido o seu Resgatador, Jesus Cristo, e tenha recebido o seu favor, tornando-se herdeiro desta colheita. Ele tem abençoado a sua vida poderosamente e lançado sementes de sonhos em seu coração. Você está de pé e isso é pura graça de Deus. Mas observe que enquanto você celebra a sua recompensa com uma grande colheita, milhares de órfãos, viúvas e estrangeiros estão padecendo, respigando após os ceifeiros. Da mesma forma como o amor de “Boaz” alcançou a sua alma ferida e transformou o seu pranto em regozijo, você deve se tornar um remidor para os seus irmãos. Afinal, desde o momento em que você recebeu a Cristo, não é você quem vive, mas Cristo que vive em você (Gl 2.20). Permita, portanto, que o caráter misericordioso do Senhor se manifeste através da sua vida e abençoe a vida daqueles que estão ao seu redor. “Dai-lhes vós de comer”, disse Jesus (Lc 9.13). No sermão da montanha, Jesus disse aos seus discípulos: “Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia” (Mt 5.7). Poderíamos citar diversos textos bíblicos onde o Espírito Santo nos adverte a dar ouvidos ao clamor do pobre e do necessitado. Salomão disse que “quem tapa o seu ouvido ao clamor do pobre, também clamará e não será ouvido” (Pv 21.13). Estenda as suas mãos para os necessitados e a destra do Senhor a todos suprirá!
Vemos nos dias atuais dezenas de milhares de pessoas jogados ao espaço do destino, quando na realidade isso não devesse ser assim, contudo nossos governantes trabalham em prol de uma nova política interna, o que significa que tudo que fazem ou planejam fazer, depende da ano futuro político. Oras, esse ano é  o ano político futuro que digo, porém ano passado eles (os políticos) trabalharam em pró de si mesmos, tentando angariar mais aliados para sua base eleitoral, e agora nesse 2012, ele vão contabilizar os resultados para ver como vão se sair nas eleições de outubro. De acordo com o resultado, eles passarão o restante do ano festejando este resultado, ou praguejando os eleitores de um modo geral por não terem aprovado suas promessas mentirosas. 
Ele juram generosidade a todos em todo momento, garantem até construírem rios em montes, barragens hidroelétricas em lugares que não brota água, pontes onde não há estrada, casas a moradores de rua e um monte de baboseira. No final dessa promessas de misericórdia mentirosas se acham os bons do momento, só que no caso de tudo ocorrer de modo diferente do esperado, eles se tornam os maiores perseguidores de todos, pois em se dando o que ele acreditam e se elejam, os miseráveis os escolheu como seus perseguidores, então eles se dizem omisso dessa dívida, pois foram escolhidos pelo povo.


Vejamos aí os números de desabrigados em todo brasil Inundações são consideradas as piores no país em 50 anos. Até agora, são mais de 350 mortos e 113 mil pessoas desabrigadas.
Um templo budista foi transformado em abrigo para os desabrigados pelas inundações em Bangcoc, na Tailândia. Neste sábado (29), o primeiro-ministro do país, Yingluck Shinawatra, disse que a inundação na capital deve começar a diminuir em breve.
O alagamento do planalto central da Tailândia avançou na sexta-feira com direção ao centro de Bangcoc, inundando mais áreas do norte e leste situadas nas margens do rio Chao Praya, que foram abandonadas por muitos moradores.
0 cidades têm estragos e uma morte foi confirmada, diz Defesa Civil. Rio Itajaí-Açu sobe 12,4 metros; 14 cidades estão em estado de emergência.
Subiu para 60 o número de cidades que tiveram estragos por causa das chuvas, que atingem o estado de Santa Catarina desde segunda-feira (5), segundo novo balanço da Defesa Civil divulgado às 7h desta sexta-feira (9).
Agora, são mais de 558,7 mil pessoas afetadas e 22,5 mil  fora de casa, sendo 20,9 mil desalojados e 1.623, desabrigados.
Agora devemos juntar essas pequeninas informações e fazermos as contas até aqui, porém nem a própria defesa civil sabe ao certo de quantas são os atingidos , desabrigados e muito menos quanto são as mortes.
No caso da seca, do Rio Grande do Sul, não se sabe ao certo quais cidades e regiões ficaram em estado de calamidade. O que se sabe mesmo é que o Governador esteve de férias no Caribe, enquanto seus eleitores e concidadãos amargava a ceca que atingia o estado. Esse Governador é realmente misericordioso, mas, para com ele mesmo, pois afinal de contas ele trabalhou demais nesses três anos e tem o direito de férias, e que se danem que esteja com suas vidas em risco!








Escrito Por;










***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário