Follow by Email

sábado, 28 de janeiro de 2012

"FALSA GRÁVIDA REAPARECE AGORA COM PROBLEMAS PSICOLÓGICO"


Falsa grávida depõe e alega problema psicológico, diz TV.





A pedagoga Maria Verônica Santos, 25, que dizia estar grávida de quadrigêmeas; veja mais fotos
A pedagoga Maria Verônica Santos, 25, que dizia estar grávida de quadrigêmeas; veja mais fotos



A pedagoga Maria Verônica Aparecida César Santos, quesimulou uma gravidez de quadrigêmeos em Taubaté (140 km de São Paulo), depôs na manhã desta sexta-feira (27) na Polícia Civil. Ela é investigada por falsidade ideológica e estelionato.
Segundo o "SPTV", da TV Globo, a pedagoga afirmou que queria ter uma menina e forjou a gravidez porque passava por problemas psicológicos. O advogado Marcos Antonio Leite, que representa o marido de Maria Verônica, Kleber Vieira, disse que pretende marcar o depoimento de Vieira para a próxima segunda (30).
Durante a semana, o advogado de Maria Verônica, Enílson de Castro, havia afirmado que o depoimento não seria informado à imprensa para preservação de sua cliente.
O casal passa por atendimento psicológico, segundo os advogados. As doações recebidas serão entregues a uma entidade assistencial, caso não sejam reclamadas pelos doadores até hoje.
Nas últimas semanas, Maria Verônica posou para fotos e apareceu em jornais e TVs como futura mãe de quatro bebês. A gravidez foi desmentida na última sexta-feira (20), pelo advogado dela.
A pedagoga Maria Verônica Aparecida César Santos, 25, que ficou conhecida depois de simular uma gravidez de quadrigêmeos, está recebendo atendimento psiquiátrico desde a última sexta-feira, segundo seu advogado Enilson de Castro.
Ele disse ter sugerido à família de sua cliente que ela se trate. Segundo Castro, o psiquiatra é de Taubaté (140 km de São Paulo), cidade onde mora Maria Verônica. Ele afirmou que não sabe o nome do médico.
"Ela e a família aceitaram de pronto, porque vou precisar disso no processo judicial. Amanhã vou estar com ela e ver o que aconteceu [na consulta]", afirmou ele.
Castro também disse que a família da pedagoga a acolheu nos últimos dias. O local onde ela está é mantido em sigilo.
Nem advogado nem a polícia sabem dizer o motivo que levou a pedagoga a criar essa gravidez. Segundo a polícia, Maria Verônica pode responder por falsidade ideológica e estelionato.
Nas últimas semanas, ela posou para fotos e apareceu em jornais e TVs como futura mãe de quatro bebês. A gravidez foi noticiada pela Folha no dia 7, com base em declarações dela. Na última sexta, o advogado dela desmentiu a gravidez em entrevista coletiva.

O vídeo abaixo mostra a pedagoga Maria Verônica dos Santos, 25, sem sinais que indicassem que ela estaria com uma gestação. O material foi registrado pelas câmeras de vigilância do prédio onde mora a pedagoga, três meses atrás.
Nas últimas semanas, ela posou para fotos e apareceu em jornais e TVs como futura mãe de quatro bebês. A gravidez foi noticiada pela Folha no dia 7, com base em declarações dela. Na última sexta, o advogado dela desmentiu a gravidez em entrevista coletiva.

Enilson de Castro, advogado da família, disse que Verônica está recebendo atendimento psiquiátrico desde a última sexta-feira. Segundo Castro, o psiquiatra é de Taubaté (140 km de São Paulo), cidade onde mora Maria Verônica. Ele afirmou que não sabe o nome do médico.
"Ela e a família aceitaram de pronto, porque vou precisar disso no processo judicial. Amanhã vou estar com ela e ver o que aconteceu [na consulta]", afirmou ele.
Castro também disse que a família da pedagoga a acolheu nos últimos dias. O local onde ela está é mantido em sigilo.
Nem advogado nem a polícia sabem dizer o motivo que levou a pedagoga a criar essa gravidez. Segundo a polícia, Maria Verônica pode responder por falsidade ideológica e estelionato.


FONTE: A Folha.
Rogério Marques - 5.jan.12/O Vale




















A pedagoga Maria Verônica Santos, 25, que dizia estar grávida de quadrigêmeas; veja mais fotos
A pedagoga Maria Verônica Santos, 25, que dizia estar grávida de quadrigêmeas; veja mais fotos


Resta agora diante de todo esse estapafúrdio da pedagoga, saber o que a justiça vai cobrar dela por ter feito toda a encenação de de uma gravidez que nunca houve.
Depois da peteca cair, agora alega problema psiquiátrico, o que não se pode duvidar, tendo em vista do estardalhaço feito por ela até mesmo no dia supostamente dito que ganharia os bebes.
Sentimos uma sensação de uma movimentação para ser chamado atenção em sua direção, o que realmente aconteceu. Acredito que na cidade de Taubaté aja até pessoas chateadas com a notícia de que essa gravidez nunca passou de uma encenação de Verônica com a conivência do marido e familiares. Com isso todas as pessoas que imbuídos de solidariedade doaram-lhe os referidos presentes, devem estarem sentindo-se enganados, alem da frustração de não verem as quadrigêmeas chegarem como todos esperavam!






Escrito por;


















***FRANCIS DE MELLO***


Nenhum comentário:

Postar um comentário