Follow by Email

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

"SBT LANÇA NOVELA ENGAVETADO DE ÍRIS ABRAVANEL GRAVADA 2010""


SBT tira da gaveta novela de Íris Abravanel gravada em 2010
17 de janeiro de 2012  14h47  atualizado às 14h48



Flávio Tolezani, em seu primeiro grande papel na TV, e Patrícia Barros, atualmente na Globo, protagonizam trama no canal de Silvio Santos. Foto: SBT/Divulgação
Flávio Tolezani, em seu primeiro grande papel na TV, e Patrícia Barros, atualmente na Globo, protagonizam trama no canal de Silvio Santos.
Foto: SBT/Divulgação


As tentativas de revitalizar a teledramaturgia do SBT não param. Ainda assim, a emissora insiste em repetir um comportamento que, até agora, não se mostrou eficaz para a produção de novelas. Para substituir Amor e Revolução, que teve suas gravações encerradas em agosto do ano passado, o canal de Sílvio Santos "limpou a poeira" e tirou da gaveta Corações Feridos, folhetim escrito por sua mulher, Íris Abravanel, finalizado em dezembro de 2010.
A estreia tardou tanto que dois dos principais nomes da trama assinaram com a concorrente Globo nesse meio tempo, assumindo curiosamente papéis próximos nos dois projetos. "Não posso falar sobre isso. Foi um trabalho realizado há mais de um ano e já deveria ter sido exibido. Agora estou em outra empresa", se desvencilha do assunto Cynthia Falabella, atualmente a malvada Estela de Aquele Beijo - em Corações Feridos ela é a vilã Aline.
Além dela, Victor Pecoraro também marca presença nos dois folhetins. No das 19h da TV Globo, ele vive o antagonista Rubinho. Já no SBT, encarna o inseguro Vitor - ambos herdeiros de famílias ricas que se apaixonam por mulheres simples e são mimados pela mãe.
Dirigida por Del Rangel, Corações Feridos é uma adaptação do original mexicano La Mentira, de Caridad Bravo Adams. Ela conta a história de vingança do mocinho Eduardo, vivido por Flávio Tolezani. Tudo porque seu irmão, o fazendeiro Rodrigo, interpretado por Paulo Zulu, se mata depois de se apaixonar e ser enganado pela interesseira Aline. Como Eduardo só sabe a inicial da mulher que prejudicou o irmão, Aline o convence de que a malvada é sua prima Amanda, papel de Patrícia Barros.
Eduardo, então, se casa com a mocinha Amanda disposto a infernizar sua vida. "Nosso povo é muito parecido com o mexicano. Lidamos com problemas similares de governo, corrupção, violência, trânsito e analfabetismo. A maior dificuldade foi acrescentar o senso de humor que o brasileiro mantém mesmo nas situações mais dramáticas", avalia Íris Abravanel, que agora escreve sua quarta novela, a adaptação do SBT para a trama infantil Carrossel, grande sucesso no Brasil na década de 1990.
Programada para ter cerca de 100 capítulos, Corações Feridos contou com investimento de R$ 18 milhões, o que dá uma média de R$ 180 mil por episódio. Sem cidade cenográfica, a maioria das cenas foi gravada em estúdio - além de tomadas rurais em fazendas e haras do interior de São Paulo e outras sequências externas em Santana do Parnaíba, na região metropolitana de São Paulo. "Passávamos dois, três dias em locações no interior e depois voltávamos para o estúdio. Gravamos sem parar", recorda Patrícia Barros.
Produzida em ritmo industrial, de segunda a sábado e cumprindo os prazos dos contratos da equipe, que venciam em dezembro de 2010, Corações Feridos foi planejada para ser exibida às 22h15, mesmo horário de Amor e Revolução. No entanto, a emissora decidiu reprogramá-la para mais cedo - às 20h30 -, troca que pode afetar determinadas sequências com temáticas mais densas.
Por exemplo, o alcoolismo e o tráfico e consumo de drogas ilícitas, abordados em diferentes núcleos. "A novela é bem ágil, tem poucos personagens, sem espaço para barriga. E as maldades da vilã Aline são bem fortes. Mas não sei se precisarão editar o material para exibirem mais cedo", opina Jacqueline Dalabona, que interpreta a ricaça Vera, a mulher que criou Aline e Amanda. Ela, aliás, é quem mais ajuda a vilã em casa, sem perceber estar sendo, na verdade, manipulada.
O tempo parece ter feito até a expectativa do elenco em assistir aos capítulos de Corações Feridos diminuir. "Na época em que a fizemos, acreditávamos que estávamos trabalhando em um projeto que iria levantar de vez a teledramaturgia do SBT. Hoje, mais de um ano após sua conclusão, há várias cenas que nem me lembro de ter feito", lamenta Jacqueline.
Victor Pecoraro, por sua vez, nem pensa no assunto, preferindo se concentrar em Aquele Beijo, seu trabalho atual. "Ali, eu gravava muitas cenas por dia, não tinha tanto tempo para me dedicar. Agora eu consigo trabalhar melhor as minhas atuações. Aprendi muito no SBT, mas hoje minha atenção está no presente", afirma. Já para Flávio Tolezani, que encara sua primeira novela - o ator só fez uma participação especial em A Favorita, na Globo -, há vantagens em gravar uma novela inteira antes de sua exibição. "Isso nos deu a liberdade de fazer tudo como havíamos pensado. Assim também é gostoso: o risco é maior, mas o resultado pode ser melhor".
Quem é quem em Corações Feridos
Núcleo da família Almeida Varela


Amanda (Patrícia Barros) - Heroína da história. Foi abandonada pela mãe aos três anos de idade e criada pelo pai, que morreu quando ela tinha 9. Foi criada pelo primo de seu pai, Olavo, a quem chama de tio. Se apaixona pelo justiceiro Eduardo
Aline (Cynthia Falabella) - A grande vilã. Faz de tudo para se casar com Vitor. Ardilosa, interesseira e invejosa, ela ilude Rodrigo, que morre no início da história, e é amante do traficante Flávio, seu comparsa nas vilanias. Perdeu os pais em um acidente de avião e foi criada por Olavo e Vera. Mas tem raiva de Olavo por achar que ele não foi justo com seu pai
Vitor (Victor Pecoraro) - Filho de Olavo e Vera, é um jovem com bom caráter e apaixonado por Amanda. Mas se deixa levar pela vontade da mãe, chegando até a ser mimado. Conheceu o mocinho Eduardo na Alemanha, quando trabalharam juntos
Olavo (Paulo Coronato) - Banqueiro casado com Vera. É um homem bom que sonha ver o filho Vitor à frente dos negócios. Criou Aline e Amanda, filhas de seus primos de terceiro grau
Vera (Jacqueline Dalabona) - Mulher de Olavo, é elegante e manipuladora. Mas, por confiar em Aline, acaba virando fantoche em suas mãos e tornando mais fáceis para a vilã suas tentativas de casar com Vitor.
Núcleo do Interior (Fazenda)



Eduardo (Flávio Tolezani) - Irmão de Rodrigo, acredita que deve vingar a morte do caçula. Envolve-se com Amanda acreditando que ela é a culpada. Entretanto, sua determinação fica abalada quando se apaixona por ela
Rodrigo (Paulo Zulu) - Trabalhador esforçado e dedicado, acredita que Aline o ama e que ambos ficarão juntos. Mas depois que ela aborta um filho, tem um surto psicótico e se suicida
Eliseu (Junno Andrade) - Homem de confiança no cafezal de Rodrigo, ajuda Eduardo na continuidade dos trabalhos da fazenda
Janaina (Lívia Andrade) - Mulher do campo humilde e bonita. Trabalha como empregada na fazenda e se apaixona por Eduardo assim que ele assume a propriedade
Glauco (Beto Nasci) - Homem divorciado que trabalha nas áreas de importação e exportação. Possui uma fazenda no interior de São Paulo, onde cria cavalos. Solitário, ao conhecer Amanda, decide ajudá-la em muitas situações
Priscila (Milena Ferrari) - Mulher jovem, bonita e sedutora que se apaixona por Eduardo e faz de tudo para conquistá-lo e atrapalhar seu relacionamento com Amanda.
Núcleo do tráfico de drogas



Flávio (Ronaldo Oliva) - Bandido que se passa por professor de Literatura para vender drogas. Cúmplice de Aline, de quem é amante
Nabal (Alvise Camozzi) - Um dos mais procurados chefes do narcotráfico de São Paulo. Ronaldo e Flávio trabalham para ele como distribuidores de drogas
Ronaldo (Marcelo Góes) - Mecânico que trabalha para Nabal e toma conta de várias oficinas que, na verdade, servem de fachada para o desmanche de carros e pontos de venda de droga
Cinira (Simone Zucato) - Mãe da jovem Camila, separou-se do marido logo após o nascimento da filha. Trabalha com artes plásticas e faz vista grossa para o problema enfrentado pela garota, que é dependente de drogas
Camila (Rita Batata) - Filha única, abusa de roupas provocantes para chamar atenção dos homens. Baladeira, extrovertida e dependente de drogas, vive competindo com Amanda pelos trabalhos na publicidade e no teatro
Dinho (Bruno Autran) - É um dos alunos de Flávio e grande amigo de Amanda, Camila e Bianca. Também vai se envolver com drogas
Bianca (Jacqueline Sato) - Confidente e melhor amiga de Amanda, divide sua atenção entre os problemas da mocinha e as tentativas de ajudar Camila e Dinho a saírem das drogas
.

Núcleo do vilarejo no interior de São Paulo


Dante (Antônio Abujamra) - Escritor, homem sábio, inteligente e culto. Misterioso, não abre sua vida para ninguém e esconde um romance do passado. Muito amigo de Rodrigo, torna-se conselheiro de Eduardo
Loreta (Iara Jamra) - Dona de um armarinho e costureira, se apaixona por Dante
Dr. Michel (Marco Antonio Pâmio) - Único médico do vilarejo, é sócio de Rodrigo. Alcoólatra, destrata a mulher quando está sob o efeito da bebida, mas não é má pessoa quando sóbrio
Regina (Eda Nagayama) - Esposa do Dr. Michel. Submete-se às vontades e aos maus tratos do marido por se achar inferior e sentir-se culpada por não ter dado um filho a ele.



Postado por;







***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário