Follow by Email

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

RESTAURANTE QUE EXPULSOU CRIANÇA NEGRA POR CONFUNDIR CRIANÇA DE RUA GUARDAVA ALIMENTOS VENCIDOS"


SP: alimento vencido é achado em restaurante acusado de racismo



A Polícia Civil apreendeu 80 kg de alimentos vencidos em um restaurante da rua Abílio Soares, no bairro do Paraíso, zona sul de São Paulo. Segundo o Departamento de Proteção à Cidadania (DPPC), o proprietário e o cozinheiro aguardam inspeção e podem ser presos. A polícia informou que o estabelecimento é o Nonno Paolo, o mesmo no qual um menino negro de seis anos teria sido expulso.
Procurado por telefone, um funcionário do restaurante disse que a gerência do restaurante estava na delegacia registrando o ocorrido. O restaurante não pode receber clientes e está sendo inspecionado pela vigilância sanitária municipal.
Segundo o delegado titular da 2a delegacia de Saúde, Virgílio Guerreiro, o restaurante afirmou que os alimentos - frango e bacon, especialmente - estavam separados e seriam descartados. "É a mesma desculpa de sempre", disse Guerreiro.
Especializado em comida italiana, o restaurante Nonno Paolo acusado de raciscmo após um espisódio que foi muito comentado nas redes sociais desde o começo do ano. No dia 30 de dezembro, um menino espanhol de origem etíope teria sido retirado do lugar por um funcionário após ser confundido com um menino de rua.

Isso é coincidência ou fato? Ocorre que depois do restaurante haver passado por o vexame de cometer racismo, agora passa por inspeção da vigilância sanitária, onde é constatado que ha alimentos vencidos.


Escrito Por;




***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário