Follow by Email

sábado, 14 de janeiro de 2012

"O COMANDANTE DE NAVIO NAUFRAGADO É DETIDO APÓS INTERROGATÓRIO"


Polícia detém comandante de cruzeiro que encalhou na Itália
14 de janeiro de 2012  17h05  atualizado às 17h48


Imagem captada em helicóptero mostra a região da costa italiana onde o navio encalhou e naufragou. Foto: Reuters
Imagem captada em helicóptero mostra a região da costa italiana onde o navio encalhou e naufragou
Foto: Reuters
A Polícia italiana deteve o comandante do navio Costa Concórdia, que encalhou na costa da Toscana, na região central da Itália. Francesco Schettino foi detido após ser interrogado por algumas horas por Francesco Verusio, procurador da Grosseto, província da região do acidente. As informações são dos jornais La Reppublica e Corriere della Sierra.
Segundo Verusio, o comandante "chegou aproximou-se desajeitadamente à ilha de Giglio, o navio acertou uma pedra, que ficou presa no lado esquerdo, fazendo-o virar e provocando a entrada de muita água em questão de dois ou três minutos". A agência EFE também informou que outros tripulantes estão sendo interrogados.
O Costa Concordia, navio da empresa Costa Cruzeiros, encalhou na noite dessa sexta-feira na costa da Toscana, próximo à ilha de Giglio, com 4.229 pessoas a bordo. Três morreram (dois turistas franceses e um tripulante), e aproximadamente 70 pessoas ainda estão desaparecidas. Segundo informou a empresa ao Itamaraty, havia 53 brasileiros a bordo (47 passageiros e seis tripulantes).
Pro ora, não há informações sobre a causa do acidente. O Costa Concordia partiu de Civitavecchia, na província de Roma, e margeava a Toscana quando encalhou e virou a cerca de 500 metros da costa. O roteiro de viagem do navio previa escalas em Savona, Marselha, Barcelona, Palma de Mallorca, Cagliari e Palermo.


Postado por;







***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário