Follow by Email

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

"AS DURAS E TERRÍVEIS COBRANÇAS DA NATUREZA!


A COBRANÇA DA NATUREZA.

Uma coisa é muito certa, é a mais dura verdade, a natureza não perdoa o que fazemos com ela, e o que é pior, quem sempre paga mais caro com maior dor e sofrimento são as pessoas mais humildes as geralmente mais sofridas pela dureza da vida moderna. Estamos vendo a calamidade que se abateu sobre várias cidades do estado de Minas Gerais.Quanta dor e quanto sofrimento para pessoas que trabalharam toda uma vida e em poucos segundos perdem tudo aquilo que conseguiu com tanto suor e lágrimas com tanto esforço e cansaço, com tanta luta.Mas o pior de tudo isso é que os que mais pagam, os que mais sofrem não são os que mais estragam, que mais destroem as coisas da natureza. Aqueles que mais danificam a natureza, são os que mais tiram proveito próprio das riquezas, esquecendo que essas riquezas são apenas materiais, são passageiras ficam aqui para serem destruídas pelo tempo e servirem de meios de contendas e até guerras. O mais danoso e vergonhoso de tudo isso, é que todos os anos é sempre a mesma coisa, nada muda.Que Deus tenha pena de nós e nos ajude que ainda tenhamos tempo de reparar um pouco deste mal, para que nossos filhos e netos não tenham de passar por coisas ainda piores.O mais terrível de tudo, é, quando a natureza resolve cobrar por nossa negligência cometidos contra ela, com toda certeza não escolhe que deve ou quem não deve. Na verdade ela sai punido desde inocentes até governantes de modo geral em que nunca jamais haja um esquecimento de modo geral. Porém nós os brasileiros somo lerdos e esquecidos, pois os caus mau acabam já não nos lembramos mais das mortes, destruições, deslizamentos, alagamentos e tudo quanto tenha havido em todo decorrer das catástrofes causados por a natureza revoltado com os atos do homem negligente e ganancioso querendo retirar suas riqueza de uma natureza que com o passar do tempo sente falta de tudo que retiramos em excesso, como: Ouro, ferro, madeira e tudo proveniente da natureza. É óbvio que fomos determinados por Deus lá no Jardim do Éden, a viver do suor de nosso rosto, ver em Gênesis 3; 19; No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra; porque dela fostes formado; porquanto és pó te tornarás... Aqui o texto diz que devemos trabalhar para adquirirmos o pão. Mas, o Sábio Salomão escreveu a seguinte frase; São assim as veredas de todo aquele que usa de cobiça: ela poe a perder a alma dos que a possuem. Provérbios 1; 19. Nestes casos específicos da natureza no Brasil e no mundo consiste na simples cobiça do homem!
Vamos também Orar e ajudar concretamente, enviando o que pudermos para minimizar um pouco o sofrimento deste povo nossos irmãos.




Escrito por;
















***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário