Follow by Email

terça-feira, 15 de novembro de 2011

"VEJA CURIOSIDADES E RELEMBRE TODOS OS PRESIDENTES DE 122 ANO DE REPÚBLICA"

O País comemora 122 anos como república neste 15 de novembro de 2011. O período foi tudo menos tranquilo: acordo café-com-leite para revezamento no poder, golpes de estado, suicídio, bombardeio contra presidentes fujões, ditadura, tortura, renúncia inexplicável, impeachment, carnaval e calcinha, mensalão e pré-sal. Conheça algumas das curiosidades sobre os 36 presidentes e relembre a história da República Federativa do Brasil.

Deodoro da Fonseca (15 de novembro de 1889 a 23 de Novembro 1891)

1º PRESIDENTE Deodoro da Fonseca!

Monarquista convencido a apoiar a causa republicana e depor o Império, o marechal Manuel Deodoro da Fonseca liderou um governo instável política e economicamente, sofrendo oposição por parte das Forças Armadas, o que culminou no fechamento do Congresso Nacional e na sua renúncia.
Seu apoio aos republicanos se deu pela difusão do boato infundado de que ele seria preso junto ao tenente-oficial Benjamin Constant. Após reunir tropas na manhã de 15 de novembro de 1889, Deodoro penetrou o Quartel-General do Exército e decretou a demissão do ministério imperial. Ele só proclamaria, de fato, a República, depois de ouvir outra notícia falsa: a de que dom Pedro II, amigo do marechal, havia escolhido como novo primeiro-ministro o gaúcho Gaspar Silveira Martins, desafeto de Deodoro. 

Em 1891, um colégio eleitoral o elege presidente do País, mas Deodoro assume sob forte oposição do Congresso. Sua queda é efetivada com a Revolta da Armada, quando, a mando do vice Floriano Peixoto, o encouraçado Riachuelo ameaçou bombardear o Rio de Janeiro caso Deodoro não renunciasse.

Curiosidade: Fez a primeira ligação telefônica de Porto Alegre, na condição de presidente da província do Rio Grande do Sul, contatando redações de jornais locais e cumprimentando a Companhia Telefônica pela inauguração da linha.
Foto: Portal Brasil / Divulgação










Postado por;
***FRANCIS DE MELLO***


Nenhum comentário:

Postar um comentário