Follow by Email

terça-feira, 22 de novembro de 2011

"MINISTRO DIZ QUE O PARTIDO NÃO PEDIU PARA ELE SAIR DO MINISTÉRIO"

Lupi diz que reunião do PDT não vai discutir sua saída do ministério
22 de novembro de 2011  12h19



Nesta terça, Lupi participou de seminário que discute economia solidária e superação da miséria. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Nesta terça, Lupi participou de seminário que discute economia solidária e superação da miséria

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, negou nesta terça-feira que a reunião da executiva do seu partido, o PDT, tenha como tema a sua saída do ministério. De acordo com Lupi, "não há possibilidade" de deixar o ministério. "A melhor resposta quando a gente se sente injustiçado é continuar trabalhando."
Na noite desta terça, a executiva do PDT irá se reunir. A expectativa é de que seja discutida a situação do ministro diante das denúncias de corrupção em sua pasta. O próprio Lupi confirmou que as denúncias serão tratadas nessa reunião. "É um debate que o partido tem de fazer sobre os fatos", afirmou. Essa é a segunda reunião da executiva do partido desde que as denúncias foram divulgadas há cerca de três semanas.
O deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP) disse que essa será uma "reunião para unificar o discurso" do partido.
As denúncias divulgadas na imprensa apontam a existência de um esquema de cobranças de propinas que envolvem ONGs que mantêm contratos com o ministério e pessoas do alto escalão da pasta, ligadas ao ministro. Lupi também é acusado de usar uma aeronave pertencente a Adair Meira, diretor de uma das ONGs que tem contrato com o ministério, durante viagem de eventos ligados a sua pasta.

Vejo essa atitude do Ministro Lupi, como mais um jogo de cintura para tentar se manter no cargo, como a Presidente Dilma não quer que ele deixe o ministério, ao menos por enquanto, ou enquanto o PDT esteja tentando se dividir sobre esse episódio do escândalo LUPI.


Escrito por;


***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário