Follow by Email

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

"CIDADÃO ALEMÃO DENUNCIA O PAPA BENTO XVI POR NÃO USAR EQUIPAMENTO DE SEGURANÇA"




Alemão denuncia papa por não usar cinto de segurança no papamóvel
25 de novembro de 2011  15h24




Um cidadão alemão apresentou uma denúncia contra o papa Bento XVI por ele não usar cinto de segurança quando viaja em
seu papamóvel, informa em sua edição desta sexta-feira o jornal
"Westfälische Rundschau".
O litigante, da cidade de Dortmund (oeste do país), afirma em sua denúncia ter observado reiteradamente, durante a última visita do papa à Alemanha, que ele não estava usando o dispositivo, o que transgride as normas de circulação.
O cidadão afirma, segundo esse periódico, que tem duas testemunhas dispostas a certificar que efetivamente o papa não usava o cinto.
Acrescenta, além disso, que várias das pessoas que acompanhavam Joseph Ratzinger na sua visita - como o presidente da Conferência Episcopal Alemã, Robert Zollitsch - "certamente" também observaram esta infração e poderiam portanto sustentar seu testemunho.
De acordo com esse meio, o litigante, que se identifica como "não crente", está preoucupado com a segurança do papa e lembra que o papamóvel é equipado com cinto de segurança.
O jornal, que remete a declarações do advogado do litigante, aponta que a viabilidade do processo pode depender de se Bento XVI for considerado como simples cidadão alemão ou como chefe de Estado (Vaticano), em cujo caso sua infração, se for provada, poderia ser neutralizada pela imunidade diplomática.

Vemos essa denúncia como uma oportunidade que este cidadão em questão encontrou para se auto promover com a imagem do papa, aproveitou o descuido do mesmo, se é que isso seja realmente verdade, para gerar uma polêmica, e com isso pegar uma carona nas divulgações que com certeza esse assunto gerará.


Escrito por;


***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário