Follow by Email

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

"O LADO OPOSTO DA FAMA"

Marcelinho Paraíba é acusado de estuprar irmã de delegado
30 de novembro de 2011  11h23
O jogador do Sport foi detido após denúncia de que teria participado do estupro de uma mulher de 31 anos durante uma festa. Foto: Antonio Carneiro/Futura Press
O jogador do Sport foi detido após denúncia de que teria participado do estupro de uma mulher de 31 anos durante uma festa.

O meia Marcelinho Paraíba, do Sport Club do Recife, foi preso na madrugada desta quarta-feira, com mais dois amigos, acusado de estuprar uma mulher de 31 anos em seu sítio, localizado no bairro Nova Brasília, em Campina Grande (PB), sua terra natal. A suposta vítima da agressão seria irmã do policial Rodrigo do Rego Pinheiro, titular da delegacia do distrito de São José da Mata


Cerca de 30 pessoas participavam de uma festa no sítio do jogador no momento da agressão. Após receber a denúncia, a polícia foi ao local e levou para a delegacia o jogador e mais dois amigos, que foram acusados de desacato a autoridade.
Marcelinho Paraíba e seus amigos foram encaminhados para a 2º Superintendência Regional da Polícia Civil, no bairro do Catolé, onde devem prestar depoimento. Segundo a vítima, que mostrou ferimentos nos lábios, os participantes da festa haviam ingerido bebida alcoólica.
Na última segunda-feira, o jogador Mancini, do Atlético-MG, foi condenado a dois anos e oito meses de prisão pela Justiça italiana por estupro e lesão corporal a uma jovem brasileira. O meia, que na época atuava na Inter de Milão, afirma que é inocente e alega ser vítima de extorsão.

Do outro lado da fama

No País da bola, eles são considerados reis. Mas o status de celebridade não impede os jogadores de futebol de frequentarem as páginas menos glamourosas dos jornais: as policiais. Antes de o goleiro Bruno, do Flamengo, ser envolvido no desaparecimento de uma jovem que disse ter tido um filho dele, outros se envolveram em crimes, irregularidades e confusões. O Terra selecionou 10 episódios em que jogadores de futebol viraram caso de polícia.

O que mais me incomoda com uma notícia dessa é exatamente quando esse tipo de pessoa, com o nome e fama que tem, se envolve nesse tipo de crime, dado a fama eles tem condição de estar com a mulheres que quiserem sem no entanto terem de se envolverem em estupros, pedofilias e coisas outros parecido, como no caso do ex-goleiro Bruno, que estava num momento alto de sua fama, acabar como acabou com tudo o que tinha, simplesmente por se envolver com o mundo dos erros!


Escrito por;


***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário