Follow by Email

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Transbordamento de córrego deixa regiões de SP em alerta

Transbordamento de córrego deixa regiões de SP em alerta
11 de novembro de 2011  16h38 

  

Nuvens carregadas escureceram o céu sobre a zona norte da capital paulista nesta tarde. Foto: Willians Queiroz/Futura Press
Nuvens carregadas escureceram o céu sobre a zona norte da capital paulista nesta tarde
Foto: Willians Queiroz/Futura Press

O transbordamento do córrego Ribeirão Vermelho, na divisa com Osasco, deixou as subprefeituras de Pirituba/Jaraguá e da Lapa, na capital paulista, em estado de alerta das 16h10 às 17h50 desta sexta-feira. Devido à forte chuva, as zonas norte, oeste, centro, Marginal Tietê e Marginal Pinheiros ficaram em estado de atenção das 15h40 às 17h, de acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da prefeitura.

No fim da tarde, as áreas de chuva que atingiram a capital paulista perderam força. De acordo com imagens de radar do CGE, restava apenas nebulosidade,com temperatura média de 21ºC. Na Grande São Paulo, não havia mais registro de precipitação, após as cidades de Santana de Parnaíba, Barueri, Osaco e Carapicuíba serem atingidas.
O centro informou ainda que moradores relataram queda de granizo na região da ponte Ulisses Guimarães, no acesso à rodovia dos Bandeirantes, às 15h50, e na região do Ceagesp, às 16h05.
Conforme os meteorologistas do CGE, a previsão para a noite era de muita nebulosidade, sem chuvas significativas na região metropolitana. Devido ao mau tempo, os aeroportos de Congonhas e Guarulhos operavam por instrumentos para procedimentos de pouso e decolagem desdes as 15h47 e 16h, respectivamente.
Segundo a prefeitura, os maiores registros de chuva até as 17h50 desta sexta-feira foram no córrego Ribeirão Vermelho (46 mm), rio Tietê - Barragem Móvel (23,6mm), rio Pinheiros - ponte Cidade Universitária (13 mm), rio Tietê - ponte do piqueri (10 mm) e córrego Cabuçu de Baixo (7,8 mm).
Alagamentos
Às 18h20, havia um ponto de alagamento ativo e intransitável na cidade: na rua Romão Gomes, altura da avenida Valdemar Ferreira, no Butantã, zona oeste. Havia registro de alagamentos ativos e transitáveis na rua Alvarenga, altura da avenida Afrânio Peixoto, sentido bairro, também no Butantã; e na Marginal Tietê, altura da rua da Despedida, sentido Castelo Branco, pista local, na Lapa, zona oeste. A chuva provocou alagamentos ainda no centro de Osasco, na Grande São Paulo.
De acordo com os bombeiros, a enchente deixou veículos ilhados na rua Rubens de Souza Araújo, altura do número 139, na Vila Mangalot. Duas viaturas da corporação foram enviadas ao local.
Previsão para o feriadão
A previsão dos meteorologistas do CGE é de sol entre nuvens no sábado pela manhã. O ar abafado, porém, favorece a formação de nuvens e pode haver pancadas rápidas e isoladas de chuva no período da tarde. Os termômetros oscilam entre 18°C e 26°C. No domingo, o tempo fica mais nublado e a instabilidade aumenta. São esperadas pancadas de chuva a partir da tarde e podem ocorrer pontos com maior intensidade. As temperaturas devem ficar entre 18°C e 24°C.
Na segunda-feira e na terça-feira, uma área de baixa pressão dará origem a uma nova frente fria. O sistema provoca chuva forte e volumosa na capital e Grande São Paulo. A chuva acontece de forma generalizada e há potencial para a formação de alagamentos. O solo encharcado pode provocar escorregamentos de encosta.
fonte: Terra!




Postado por; 




***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário