Follow by Email

segunda-feira, 14 de maio de 2012

"LUÍS ÁLVARO ALFINETA CORINTHIANS E QUER 'GANHAR TUDO' NO CENTENÁRIO E AUTORIZA NEYMAR A FESTEJAR"



'O Santos está quebrando alguns paradigmas. Agora, se no centenário ninguém ganha nada, nós queremos conquistar tudo', afirmou mandatário.


















O Corinthians teve uma temporada frustrante em 2010, quando esperava fazer festa por seu centenário de fundação, mas passou em branco em todos os campeonatos que disputou. Dois anos depois, chegou a vez de o Santos comemorar a data histórica e já levantou o primeiro troféu que disputou, fazendo o presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro alfinetar o rival.

"O Santos está quebrando alguns paradigmas, pois conseguimos segurar o Neymar e trouxemos o Elano de volta, além de termos contratado o Robinho (em 2010). Agora, se no centenário ninguém ganha nada, nós queremos conquistar tudo", afirmou.

O presidente do Santos se mostrou emocionado por ter levado o clube ao tricampeonato paulista, algo que não acontecia desde a 1967, 1968 e 1969, quando o clube ainda era comandado por Pelé.

"Vocês não fazem ideia do que é isso, tive a honra de ver o Santos ganhar tudo quando eu era adolescente. Agora, 43 anos depois, não tem preço ver essa alegria dos santistas. Vale a pena ter vivido até agora", acrescentou.

O Santos se sagrou campeão estadual neste domingo ao vencer o Guarani por 3 a 2, no estádio do Morumbi, depois de ter derrotado o adversário no primeiro jogo por 3 a 0.

Em meio à comemoração, Luís Álvaro ainda citou como exemplo o último grande carrasco do Peixe, o Barcelona, que goleou a equipe brasileira no Mundial de Clubes de 2011.

"Jogamos um futebol coletivo, como o Barcelona jogou contra nós O Santos não nasceu para ser coadjuvante, e sim protagonista", acrescentou o dirigente, manifestando a preocupação em tentar reforçar o elenco dirigido por Muricy Ramalho.

"Nós temos a mesma filosofia: não gastamos mais do que arrecadamos, mas procuramos atender ao melhor treinador do Brasil", encerrou.








Festa de Neymar tem aval de Luis Álvaro: "não são monges budistas"








Antes de encerrar as comemorações em uma boate em Santos, Neymar jantou com o elenco santista. Foto: Klaus Richmond/K.R.C. DE MELO & CIA. LTDA - ME
Antes de encerrar as comemorações em uma boate em Santos, Neymar jantou com o elenco santista
Foto: Klaus Richmond/K.R.C. DE MELO & CIA. LTDA - ME




O início da festa pela comemoração do tricampeonato paulista do Santos começou, de fato, na noitada organizada por Neymar em boate com lista fechada no centro de Santos. A festa teve a anuência do presidente Luis Álvaro Ribeiro, número considerável de mulheres, cerca de "10 para cada homem", segundo relato das presentes, e só acabou por volta de 5h.
Após o título no Estádio do Morumbi, em São Paulo, o elenco santista retornou para tímida comemoração na Vila Belmiro. Sem sequer o troféu de campeão, que será entregue nesta segunda-feira, em festa promovida pela Federação Paulista de Futebol, os jogadores ficaram pouco mais de 15 minutos no estádio antes de seguirem para famosa churrascaria na cidade.
O jantar organizado pela diretoria pelo feito que não ocorria desde 1969 abrigou os principais jogadores do elenco e seus familiares, além dos dirigentes. As ausências mais sentidas foram do atacante Borges, do goleiro Rafael e do zagueiro Durval.
Neymar, a bordo de seu Porshe Carrera, foi o primeiro a deixar o local. O atacante esteve acompanhado de seus familiares durante o jantar, mas logo se dirigiu para o início da noitada em boate no centro santista.
"Os meninos não são monges budistas. Eles podem sair hoje. Eu vou sair junto com eles, também. Presidente precisa estar onde vai o se elenco", afirmou Luis Álvaro ao Terra, ausente na etapa seguinte da festa.
No local, a noite contou com show particular do Grupo Revelação e com presença de boa parte dos jogadores, alguns acompanhados de suas esposas. Os convidados receberam instruções para não falarem sobre a festa do lado de fora. Dentro do ambiente, ainda foram vetadas as fotos, com direito a intervenções do DJ para reforçar o pedido.
A festa também foi marcada por confusões. Em uma delas, uma das garotas convidadas acabou expulsa da boate após bater boca e trocar agressões com outra. O mesmo ocorreu com um jovem, envolvido em áspera discussão.
O Santos ganhou folga nesta segunda-feira e só retorna aos trabalhos na próxima terça-feira, às 16h (de Brasília), para iniciar a prepara para o jogo diante do Vélez Sarsfield-ARG, pelas quartas de final Libertadores. O time viaja na quarta-feira para a Argentina.






























***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário