Follow by Email

quarta-feira, 9 de maio de 2012

"KAKÁ PODE DEIXAR O REAL MADRID, DIZ JORNAL ESPANHOL QUE ATÉ CONTABILIZA VALORES DE SEUS GOLS ATÉ AGORA"


Espanhóis chamam Kaká de "pior galáctico" e fazem estudo: R$ 12 mi por gol.





















Kaká marcou 24 gols em três anos pelo Real - como este contra o Apoel, pela Liga dos Campeões. Foto: Reuters
Kaká marcou 24 gols em três anos pelo Real - como este contra o Apoel, pela Liga dos Campeões
Foto: Reuters


Em meio às especulações de que Kaká está para deixar o Real Madrid embora tenha mais três anos de contrato, o diário espanhol El Economistapublicou um estudo no qual avalia quanto o jogador vem custando aos cofres do clube. Segundo o jornal, a equipe pagou até aqui 4,7 milhões de euros (R$ 11,8 milhões) por cada gol marcado pelo brasileiro com a camisa branca - e 1,29 milhão de euros por partida disputada (R$ 3,24 milhões).
As contas do diário econômico apontam que o Real Madrid arcou com aproximadamente 115 milhões de euros (R$ 289,4 milhões) por Kaká. Na cifra estão inclusos o preço da contratação - o Milan recebeu cerca de 65 milhões de euros (R$ 163,6 milhões) em junho de 2009 - e o salário ganho durante estas três temporadas, de 15 milhões de euros brutos por ano (R$ 37,7 milhões).
Segundo o jornal, o Real avalia que o valor de mercado atual do meia está entre 30 e 35 milhões de euros (de R$ 75,5 a R$ 88,1 milhões) - ou entre 25% e 30% do investimento total feito nele. Segundo noticiou o diário esportivo de Madri As na terça-feira, seria esse o preço que o clube espera receber pela venda do atleta, sendo que o Paris Saint-Germain apareceria como o principal interessado na contratação.
O periódico de economia ainda informa que, desde a chegada à capital da Espanha, Kaká disputou 89 partidas oficiais das 161 jogadas pelo Real (55% do total). O brasileiro, que sofreu com lesões especialmente após a Copa do Mundo de 2010, marcou 24 gols.
Para efeito de comparação, a publicação repete as contas com Cristiano Ronaldo, que também foi contratado pelo clube de Madri no verão europeu de 2009, vindo do Manchester United. O atacante teria custado - contando o salário - 165 milhões de euros (R$ 415,3 milhões), "porém seu rendimento supera, em muito, o de seu companheiro" Kaká, nas palavras usadas pelo jornal. Cada jogo feito pelo português custa 1,1 milhão de euros (R$ 2,7 milhões) à entidade e cada gol 1,13 milhão (R$ 2,8 milhões).
Os valores pagos por Benzema, que deixou o Olympique Lyon e se transferiu a Madri também em 2009, são de 475 mil euros (R$ 1,2 milhão) por encontro e 930 mil euros (R$ 2,3 milhões) por gol.
Com tantos números, o diário El Economista chega à conclusão de que Kaká é o "pior de todos os galácticos" contratados pelo presidente do Real, Florentino Pérez. O termo é usado em espanhol para definir a política de contar com atletas mundialmente famosos imposta pelo dirigente a partir de 2001. O empresário deixou a presidência em 2006 e retornou em 2009, voltando a fazer altos investimentos.
Pérez "viu como sua equipe teve momentos de rendimento realmente baixo, porém nesses períodos o nível dado pelas estrelas foi sempre mais ou menos ótimo", conforme as palavras utilizadas pelo jornal. "Figo (60 milhões de euros), Zidane (72 milhões), Ronaldo (42 milhões) ou Beckham (24 milhões) protagonizaram também más sequências que, contudo, não foram tendência. Todos eles jogaram e tiveram pelo menos uma temporada de glória. Kaká não", completa o texto da reportagem.
Liga Europa 


Terra irá exibir ao vivo via internet para o Brasil todas as partidas da Liga Europa da Uefa nas temporadas de 2012/2013, 2013/2014 e 2014/2015, sendo o único meio de comunicação do País a transmitir ao vivo os 205 jogos da competição. As transmissões serão disponibilizadas em alta definição (HD) e padrão standard, inclusive para tablets e smartphones.









***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário