Follow by Email

domingo, 12 de fevereiro de 2012

"TUMOR QUE LULA TINHA NÃO É VISTO MAIS EM TOMOGRAFIA, DIZ EQUIPE MÉDICA"


Tumor de Lula não aparece mais em tomografia, dizem médicos.


O ex-presidente Lula foi diagnosticado com câncer na laringe. Foto: Ricardo Stuckert/Institutot Cidadania/Divulgação
O ex-presidente Lula foi diagnosticado com câncer na laringe.
Foto: Ricardo Stuckert/Institutot Cidadania/Divulgação

Uma tomografia realizada no sábado não mostrou o tumor que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enfrenta na laringe desde outubro, informaram neste domingo os médicos do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde ele está internado desde ontem. Apesar do exame não ser conclusivo, a equipe afirmou que Lula tem respondido de maneira "excelente" ao tratamento para combater o câncer.
Segundo os oncologistas Paulo Hoff e Artur Katz, ainda não é possível afirmar que o tumor desapareceu completamente, já que a tomografia de tórax não é o exame específico para detectar o sucesso do tratamento. Porém, o fato de o tumor não ter sido visualizado ontem já é uma ótima notícia, disseram os especialistas. A tomografia de tórax foi realizada apenas com o intuito de verificar se havia uma inflamação no pulmão, o que não foi detectado.
"Obviamente que, ao fazer a tomografia e não se enxergar o tumor na tomografia, embora seja uma avaliação mais rudimentar, evidentemente que é um excelente resultado, um resultado que nos alegra muito", disse Katz.
O exame próprio para identificar a redução do tumor na laringe será realizado dentro de quatro a seis semanas após o fim da radioterapia, cuja última sessão está prevista para a próxima sexta-feira. Lula foi internado ontem após apresentar uma inflamação na laringe e no esôfago. De acordo com os médicos, o mal estar nessa fase do tratamento é normal e até esperado.
"Esse tipo de reação não só era esperada mas, no caso do ex-presidente, essa reação está sendo até mais leve do que costuma ser, e isso nos deixa muito feliz. Esse tipo de impacto, de alteração, era absolutamente normal", ressaltou Katz.
De acordo com o médico Paulo Hoff, Lula está "muito animado e confiante" com a evolução do tratamento. Entretanto, ainda não há previsão de alta e os médicos não descartam a possibilidade de mantê-lo internado até a próxima sexta.
"Nós vamos avaliar isso diariamente, para definir em que momento é mais conveniente essa saída. Como a gente brincou, nós estamos aos 42 minutos do segundo tempo e o jogo está ao nosso favor. Então, nós precisamos jogar com muita serenidade para continuar a vencer", completou Katz.
A comparação da doença com um jogo de futebol não é coincidência. Durante todo o dia, Lula tem demonstrado ansiedade pela partida entre Corinthians e São Paulo pelo Campeonato Paulista, que acontece hoje à tarde. Lula é corintiano fanático.
Segundo boletim médico divulgado pelo hospital na tarde deste domingo, o ex-presidente está "clinicamente bem e realizando tratamento fonoaudiólogo, fisioterápico, hidratação endovenosa e assistência nutricional, alimentando-se por via oral. Deverá retomar o tratamento radioterápico amanhã, como planejado".
Após queixa de dores de garganta, Lula realizou uma série de exames na noite de 28 de outubro. Na manhã do dia seguinte, foi divulgado boletim médico do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, informando que foi diagnosticado um tumor maligno na laringe, que seria inicialmente tratado por quimioterapia.
O câncer na região da laringe é mais comum entre homens e o de maior incidência na região da cabeça e pescoço. Os principais fatores que potencializam a doença são o tabagismo e o consumo de álcool. Já os sintomas são: dor de garganta, rouquidão, dificuldade de engolir, sensação de "caroço" na garganta e falta de ar.


Postado por;







***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário