Follow by Email

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

"VOCÊ QUER MUDAR O CHEIRO DE SUA CASA; SENTIR UM NOVO ODOR?


Utilize o perfume que Maria usou para ungir os pés de Jesus e a sua casa se encherá de uma nova fragrância de adoração. O primeiro passo é aproximar-se Dele porque separado de Jesus todo esforço é inútil. Seria como usar desodorante sem tomar banho. O mau cheiro só aumenta! Por isso a motivação do seu coração deve estar alinhada com os princípios da Palavra de Deus. Faça como Maria fez: quebre o vaso. Para que o cheiro do nardo seja liberado, o alabastro tem de ser quebrado. Este ato representa a humilhação e a quebra do orgulho. “Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes” (Tg 4.6). Quando você se humilha na presença do Senhor Ele o honra. Lembre-se que o nardo era puro. Salomão disse que as moscas mortas fazem com que o ungüento do perfumista exale mau cheiro (Ec 10.1). Isso significa que pequenos distúrbios de comportamento podem ser suficientes para envenenar um relacionamento e provocar uma crise familiar. Cuidado com a impureza no falar, no pensar, no agir, etc. São as pequenas raposinhas que destroem a vinha (Ct 2.15). Outro fato importante que deve ser considerado é que o nardo era caro. Embora as bênçãos do Senhor sejam gratuitas, perfumar a nossa casa com a unção do Espírito Santo custa oração, jejum, fé e consagração. Jesus pagou o preço da nossa vitória, por isso não podemos viver acomodados. Se desejarmos a manifestação do bom perfume de Cristo em nossas vidas, teremos que considerar a importância da humildade, da santidade e do serviço sacrificial. Teremos de abrir mão de alguns prazeres e projetos pessoais a fim de oferecermos tempo, dedicação e amor aos nossos familiares. Deus o recompensará, pois ao abrir as suas janelas, um cheiro de paz e alegria recenderá de seu lar para a glória do Senhor.

Alinhe as motivações do seu coração com os princípios da Palavra de Deus. Caso contrário, a intenção pode ser boa, mas a atitude incorreta e vice-versa. Observe o que aconteceu com o rei Davi e com o seu povo no dia em que eles celebravam o retorno da arca da aliança para Jerusalém. “Eles puseram a arca de Deus em um carro novo, e a levaram da casa de Abinadabe, que está em Gibeá; e Uzá e Aiô, filhos de Abinadabe, guiavam o carro novo. E, chegando à eira de Nacom, estendeu Uzá a mão à arca de Deus, e pegou nela; porque os bois a deixavam pender. Então a ira do Senhor se acendeu contra Uzá e Deus o feriu ali por esta imprudência; e morreu ali junto à arca de Deus” (2Sm 6.1-7). A motivação do coração do rei era correta, mas a maneira como ele agiu estava errada. A arca representava a presença de Deus, por isso deveria ser levada sobre os ombros dos sacerdotes e não em um carro de bois. A conseqüência deste erro levou Uzá à morte. Sendo assim, devemos manter a motivação e a atitude certas diante de Deus. Veja o que aconteceu com Ananias e Safira. Eles venderam uma propriedade e reteram parte do dinheiro. Ananias depositou o dinheiro aos pés de Pedro, mentindo a respeito do valor total da venda. Pedro disse: “Por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço da herdade? Não mentiste aos homens, mas a Deus. E Ananias, ouvindo estas palavras, caiu e expirou” (At 5.1-5). Sua mulher reafirmou a mentira e morreu, pouco tempo depois, e foi sepultada junto de seu marido (vs.7-10). Embora a atitude de dar a Deus e ao próximo fosse louvável, a motivação dos seus corações era enganosa. “Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará” (Gl 6.7).

FAZENDO ASSIM SUA CASA TERÁ UM CHEIRO DIFERENTE, UM NOVO ODOR E UMA NOVA CARACTERÍSTICA, NA QUAL VOCÊ NUNCA JAMAIS VIU EM SUA CASA, QUINTAL, VILA, CIDADE E NAÇÃO!




***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário