Follow by Email

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

"POLÍTICA; PSDB, SERRA SERÁ CANDIDATO À PREFEITURA DE SÃO PAULO, OU NÃO?


Trípoli sobre Serra sair candidato em 

SP: "Prazo de inscrição acaba hoje"

Ivan Pacheco/Especial para Terra
Serra me disse que não seria candidato, e eu acredito nele, disse o deputado Ricardo Trípoli
"Serra me disse que não seria candidato, e eu acredito nele", disse o deputado Ricardo Trípoli










Pré-candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, o deputado federal Ricardo Trípoli rejeita a possibilidade de o ex-governador José Serra disputar as eleições municipais deste ano. "Serra não disse publicamente que iria ser candidato e nem disse isso para mim, muito pelo contrário. E eu acredito na palavra dele", afirmou Trípoli em conversa com Terra Magazine.
Além disso, o deputado lembrou que o prazo para se inscrever como pré-candidato do PSDB termina à meia-noite desta terça-feira (14) e disse que não cogita adiar as prévias internas do partido, marcadas para 4 de março.
"Não vamos adiar as prévias. Há um edital publicado no PSDB e o prazo de inscrição se encerra hoje à meia-noite. Quem se inscreveu, é pré-candidato, quem não se inscreveu não é", declarou Trípoli. Além dele, os secretários do governador Geraldo Alckmin, Andrea Matarazzo (Cultura), José Aníbal (Energia) e Bruno Covas (Meio Ambiente) também são postulantes à Prefeitura.
Integrantes da cúpula do PSDB, porém, não veem as prévias como algo tão definitivo dentro do PSDB. Na verdade, é como se José Serra estivesse acima disso tudo. Caso ele decida por ser candidato, Alckmin deverá entrar em cena para dissuadir os pré-candidatos e dissolver as prévias.
Depois de meses negando qualquer possibilidade de concorrer à sucessão de Gilberto Kassab, Serra já negocia com Alckmin suas condições para ser o nome dos tucanos nas eleições deste ano. "A movimentação de Serra é real", disse um cacique do partido. "Mas, se for candidato, tem que ficar até o fim", completa, referindo-se à hipótese do ex-governador deixar o mandato de prefeito para se candidatar à Presidência, em 2014.


Postado por;






***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário