Follow by Email

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

"JOVEM QUE SE ACIDENTOU E FICOU EM POSSA D'ÁGUA POR TRÊS DIA NO INTERIOR DE SÃO PAULO TEM ALTA"


Jovem resgatada após 3 dias em córrego tem alta em SP.




Caroline esperou socorro por três dias em um córrego às margens da rodovia Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463). Foto: Dario Stecker dos Santos/Agência Estado
Caroline esperou socorro por três dias em um córrego às margens da rodovia Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463)
Foto: Dario Stecker dos Santos/Agência Estado


A comerciária Caroline Laila Soares, 19 anos, recebeu alta na noite de segunda-feira, após 16 dias internada na Santa Casa de Fernandópolis, no interior de São Paulo. Depois de um acidente de carro, ela esperou socorro por duas noites e três dias dentro de um córrego, às margens da rodovia Elieser Montenegro Magalhães, no município de Populina (SP).
Ela viajava para visitar um amigo em Jales (SP) quando dormiu ao volante e perdeu o controle do seu carro, um Fiat Uno, que saiu da pista e capotou numa ribanceira, caindo dentro do córrego. Com três fraturas na perna esquerda e quatro em ossos da bacia, além de hematomas por todo corpo, Caroline chegou a correr risco de morrer, quando no dia 2 de fevereiro teve de voltar a ser internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por causa de uma embolia pulmonar e derrames nas pleuras.
"Finalmente, ela saiu desta e estou com minha filha de volta. Ela provou que é uma guerreira, uma vitoriosa, que Deus está ao lado dela", disse a mãe de Caroline, Fátima Carvalho Soares. "Agora eu vou dedicar minha vida para sua recuperação, enquanto ela não se recuperar, vou estar do lado dela, porque sei como foi difícil procurá-la por dias e imaginar que ela poderia ter morrido num acidente", disse Fátima, lembrando dos três dias em que a família procurou Caroline por estradas de Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso do Sul.
Segundo Fátima, ao contrário do que Caroline temia, seu tratamento foi custeado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). "A preocupação dela agora é conseguir consertar o carro. Mas já disse que o importante é que ela está aqui com a gente, e viva. Isto é o mais importante", afirmou.
Caroline, que se recupera na casa da família, em Iturama (MG), na divisa com São Paulo, passou por cirurgia no dia 7 de fevereiro para corrigir as fraturas na perna esquerda. O médico Edson Betiol disse que ela está imobilizada e deverá permanecer em repouso, mas foi liberada para se sentar por algumas horas do dia. "Ela ainda não pode apoiar os pés no chão e deverá voltar ao hospital em duas semanas para uma avaliação do seu estado clínico e ortopédico", disse.
"O quadro clínico dela é estável, ela reduziu o quadro de anemia e se recuperou da embolia, mas precisará passar por fisioterapia para recuperar totalmente os pulmões", disse. Segundo ele, Caroline continuará tomando anticoagulantes por mais 14 dias para prevenir futuras complicações, como a embolia e derrames pleurais que a moça teve quando se recuperava no hospital. De acordo com Betiol, a recuperação de Caroline será lenta e ela deverá voltar ao hospital em duas semanas para avaliação do seu estado clínico e ortopédico, quando novos exames serão feitos para verificar o estágio das cicatrizações das fraturas.
Fonte: Terra.

Interessante que quando Caroline foi resgatada três dias depois vi o noticiário no jornal local da Globo, acredita que seria praticamente impossível sua recuperação. Agora vejo essa noticia estampado no terra, fico radiante feliz em saber que apesar dos dias futuros de Caroline não serão muito legais, mas, como ela mesmo diz, a vida lhe proporcionou a alegria de continuar junto a ela! Agora o que posso fazer é desejar força e mais coragem ainda à ela!


Escrito por;







***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário