Follow by Email

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

"PRIVATARIAS DO PT DE LULA, DILMA, ZÉ DIRCEU, PALOCCI E CIA"


Liminar suspende licitações para 

franquias que rendem bilhões aos 

Correios


 
Centro de Tratamento de Cartas (Foto: Reprodução)
A Associação Brasileira de Franquias Postais (Abrapost) conseguiu uma liminar, na noite de quinta-feira (2), que suspende as licitações para contratação de mais de mil agências franqueadas dos Correios em todo o país. Segundo Marco Aurélio de Carvalho, advogado da associação, isso ocorreu porque o edital continha "erros e vícios, como pedidos de documentações que não poderiam ser providenciadas no prazo entre a saída do edital e o início da licitação".
As 1.432 agências franqueadas que existem hoje no Brasil correspondem a 12% do número total de agências dos Correios, mas seu faturamento é de quase 50% da receita bruta operacional do setor, que é de R$ 5 bilhões por ano, segundo a Abrapost. "São mais de 10 mil veículos e 30 mil funcionários de franqueadas, que atendem ao segmento de postagem, mala direta e entrega de encomendas", explica Carvalho a Terra Magazine.
Ainda de acordo com o advogado, a Abrapost não tem interesse em postergar a licitação. "Queremos apenas corrigir o edital", garante. Alguns integrantes da associação, porém, acreditam que os Correios querem atrasar o processo propositalmente. O motivo seria um projeto interno para facilitar a privatização da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT).
Terra Magazine entrou em contato com a assessoria dos Correios na manhã desta sexta-feira (3) e aguarda o retorno sobre o processo.
Prazo
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em seus últimos meses de governo, editou uma Medida Provisória (MP) que estendeu o prazo para a realização das licitações das franqueadas até setembro de 2012. Em 2011, os Correios iniciaram a licitação de sua rede de franquias, mas uma série de liminares judiciais, acompanhada de greve e crise institucional, fez o processo ser suspenso.
"Perder o prazo da licitação e, consequentemente, perder o franqueado, é perder a concorrência para empresas americanas, alemãs, e outras multinacionais que atuam no setor", afirma Marco Aurélio de Carvalho. "Os Correios, sozinhos, não conseguem fazer esse serviço e, sem as franqueadas, o Brasil poderia ter um apagão postal", completa.
Terra.

Pelo que podemos entender, estamos vendo aí um jogo de cintura do governo para se tentar mais uma privatização, o que seria mais uma rasteira no eleitorado, e um símbolo registrado de privatarias do PT. Isso tende acontecer o mais breve possível, tendo em vista da privatização dos aeroportos de São Paulo e de Brasília, ale de que já se ouve falar em uma possível privatização da Petrobras, que o ex-presidente Lula bateu tanto nos Tucanos em suas campanhas eleitorais, assim que passou a ser presidente, muita coisa mudou, em seus oito anos de mandato, Lula preparou o terreno para seu possível sucessor, caso o PT conseguisse eleger, o que aconteceu, e aos poucos estão privatizando tudo, acredito que se eles ficarem mais os oito anos que estão programando, nosso Brasil será privatizado no total! Esse é o PT que tanto se bateu em administrações anteriores, e que agora comete erros piores que FHC, Sarney, Collor e até o chamado militarismo!




Escrito por;





***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário