Follow by Email

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012


Justiça revoga prisão de Mário Tricano, ex-prefeito de Teresópolis.




A Justiça revogou pedido de prisão do ex-prefeito de Teresópolis Mário Tricano, suspeito de envolvimento no jogo do bicho. Tricano era considerado foragido desde o final de dezembro, mês em que chegou a ser preso após a operação Dedo de Deus da Polícia Civil, porém, após ter conseguido um habeas corpus, não foi mais encontrado quando a liminar foi cassada.
Tricano, no entanto, terá de se apresentar à Justiça todo mês para assinatura de termo de acompanhamento de processo a que responde. O ex-prefeito também não poderá sair de casa depois das 20h e vai precisar de uma autorização especial caso queira sair da cidade de Teresópolis.
Por outro lado, o juiz Rubens Soares Sá Viana Júnior, da comarca de Teresópolis, manteve na prisão o patrono da escola de samba Beija-Flor Anísio Abraão David, que também tem envolvimento com o jogo do bicho, segundo a polícia. Ele está preso desde o dia 11 de janeiro na Penitenciária de Bangu.
Além de Triciano, a polícia ainda acusa Anísio, patrono da escola de samba Imperatriz Leopoldinense, Luizinho Drummond e o presidente da Grande Rio Hélio Oliveira de formarem a cúpula do jogo do bicho no Rio de Janeiro. A Operação Dedo de Deus apurou que comerciantes estavam sendo coagidos para implantarem o jogo do bicho em estabelecimentos legalizados em Teresópolis. Cerca de R$ 4 milhões foram apreendidos na casa de um parente de Hélio Oliveira, na Zona Oeste do Rio.



Postado por;







***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário