Follow by Email

sábado, 10 de março de 2012

"SERRA DÁ UMA DE SURDO DIANTE DE COBRANÇA DE MILITANTE DO SEU PSDB"


Serra é cobrado por militante e ignora manifestação em SP.










O ex-governador de São Paulo chega para um evento do PSDB no bairro São Miguel Paulista, no extremo leste da cidade. Foto: Hermano Freitas/Terra
O ex-governador de São Paulo chega para um evento do PSDB no bairro São Miguel Paulista, no extremo leste da cidade
Foto: Hermano Freitas/Terra

O ex-governador de São Paulo e pré-candidato do PSDB à prefeitura, José Serra, foi cobrado por um dirigente regional tucano em um evento do partido neste sábado. Durante os discursos, o presidente zonal de Itaquera, Jaime Pereira, apelou a Serra para que não esquecesse o chamado "baixo clero". "Não esqueça de novo a militância", disse Pereira. Serra ignorou a manifestação em, questionado, procurou minimizar o episódio. "Não entendi direito o que ele falou, e falaram dezenas", afirmou.
Serra esteve no final desta manhã em uma universidade do bairro São Miguel Paulista, no extremo da zona leste de São Paulo, em um encontro regional do partido ligado à sua candidatura. Além do ex-governador, estiveram presentes o senador Aloysio Nunes Ferreira, o secretário do Meio-Ambiente, Bruno Covas, o secretário de Cultura, Andrea Matarazzo, e os líderes do partido na Assembleia Legislativa e na Câmara Municipal, respectivamente, o deputado Orlando Morando e o vereador Floriano Pesaro.
Ao falar para a militância, o ex-governador procurou reforçar a tese de que sua candidatura é uma construção partidária, e não uma realização pessoal. Ele afirmou que, ao se candidatar, atendeu às recomendações dos colegas de partido, inclusive do governador, Geraldo Alckmin. "Resolvi sair atendendo ao apelo de todo mundo, inclusive do governador", disse Serra.
José Serra fez suspense até anunciar sua pré-candidatura à prefeitura de São Paulo, no final de fevereiro, e sua entrada na disputa interna fez com que as prévias fossem adiadas para o final de março. Pouco depois do anúncio, o ex-governador já liderava as intenções de votos na capital paulista, segundo pesquisa do Datafolha. Os rivais de Serra insistem em manter suas pré-candidaturas e ir às prévias - o secretário de Energia, José Aníbal, disse ao Terra.

Se agora antes de ser eleito nem mesmo a candidato, o pre-candidato da convenção do PSDB, Ex-governador José Serra, já está dando uma de desentendido, ou surdo diante de uma antiga promessa, imagina quando for candidato, e se eleito for, esse cobrador, pode arranjar pregos para pendurar a dívida.
Esses políticos de carteirinha, podem esquecerem meu voto, eles podem me prometerem que fará um novo brasil, ou os céus, ou algo menos impossível, ou até mesmo o que sei que ele tenham condições de fazer, ainda assim não terão meu voto!









Escrito por;
















***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário