Follow by Email

quinta-feira, 1 de março de 2012

TST: Philip Morris deve pagar R$ 30 mil por humilhar funcionário.

A Philip Morris Brasil foi condenada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) a pagar indenização no valor de R$ 30 mil a empregado que teria sido humilhado pela empresa, de acordo com informações da assessoria de imprensa do TST. A empresa já havia sido condenada pelo Tribunal de Justiça (TJ) do Paraná ao pagamento de R$ 6 mil, mas o TST elevou o valor da indenização para R$ 30 mil por considerar que trata-se de uma empresa de grande porte que comporta um valor mais elevado de indenização e pelo fato da condenação ter uma finalidade "pedagógica".
Conforme a assessoria, o trabalhador teria sido chamado de incompetente e criticado em reuniões da empresa, na presença de vários colegas, chegando a ser qualificado como um "lixo". Em decorrência da perseguição do chefe, o funcionário alega que começou a apresentar problemas psicológicos. De acordo com o TST, na defesa, a Philip Morris disse que o fato de o trabalhador ter levado uma "bronca" não ofendeu a sua honra e que "broncas são comuns no mundo corporativo na cobrança por resultados". Procurada, a Philip Morris informou que não irá se manifestar sobre a decisão.












Postado por;




























***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário