Follow by Email

sábado, 17 de março de 2012

MEMBROS DO PARTIDO REPUBLICANO FORAM RETIRADOS DE UMA BASÍLICA PELA POLÍCIA DE HAVANA ONDE ESTAVAM IRREGULARMENTE"


Policia desaloja opositores que ocupavam igreja em Havana.


Treze opositores cubanos que ocupavam de maneira pacífica desde terça-feira um templo católico em Havana para pedir que o Papa Bento XVI interceda em suas demandas durante a visita a Cuba foram desalojados na quinta-feira à noite pela polícia, a pedido do cardeal Jaime Ortega.
"Os 13 ocupantes foram convidados a sair do templo e não ofereceram resistência. Os agentes que executaram a operação garantiram à Igreja que não portariam armas, que levariam inicialmente as 13 pessoas a uma unidade policial e que depois os levariam para suas casas", afirma um comunicado da arquidiocese.
"No sua da autoridade e faculdade que lhe compete, o cardeal Jaime Ortega se dirigiu às autoridades correspondentes para que convidassem os ocupantes a abandonar o santuário", completa a nota.
Treze membros do ilegal Partido Republicano de Cuba (PRC), uma pouco conhecida organização opositora, permaneceram por mais de 48 horas na basílica menor de Nossa Senhora da Caridade em Havana, ação considerada "ilegítima e irresponsável" pela Igreja e que também foi criticada por dissidentes famosos.
Bento XVI desembarcará em Cuba em 26 de março.












***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário