Follow by Email

quinta-feira, 8 de março de 2012

"JESUS PODE TER SIDO UM HERMAFRODITA; DIZ A 'TEÓLOGA' SUSANNAH CORWALL"


Teóloga causa polêmica ao afirmar que Jesus pode ter sido um hermafrodita.

"COMENTEM ESSA LOUCURA DA DOUTORA SUSANNAH CORNWALL."








Teóloga causa polêmica ao afirmar que Jesus pode ter sido um hermafrodita


















A doutora Susannah Cornwall publicou este mês um polêmico artigo no qual afirma ser “simplesmente um palpite” que Jesus era do sexo masculino e que Ele pode ter sido um hermafrodita (nascido com os dois sexos).
A teóloga feminista é ligada ao Instituto Teológico Lincoln, da Universidade de Manchester, e descreve-se em seu blog como uma especialista em: “Pesquisa e escrita sobre teologia feminista, sexualidade, gênero, realização, ética e outras coisas divertidas como essas”.
Intitulado “Intersexo e Ontologia, uma resposta à Igreja, às bispas e à Provisão” o artigo afirma que não é possível saber com certeza” que Jesus não possuía uma condição intersexual, tendo nascido com órgãos masculinos e femininos. Ela argumenta dizendo que “não é possível afirmar com certeza de que Jesus era um homem como nós, hoje, definimos a masculinidade. Não há como saber ao certo que Jesus não tinha uma condição intersexual que lhe daria um corpo externamente masculino, mas que podia ter algumas características físicas femininas escondidas”.
A teóloga prosseguiu seu argumento citando o trabalho do pastor anglicano e ginecologista John Hare, que defende a homossexualidade como uma questão genética e dizendo: “Não podemos saber com certeza que Jesus era do sexo masculino, uma vez que não temos um corpo para examinar e analisar. Logo, o Jesus visto (nos Evangelhos) como gênero masculino precisa suportar o peso de toda esta autoridade”.
As declarações de Cornwall causaram controvérsias também em sua própria comunidade. Um dos membros da igreja afirmou: “Ela não pode dizer que Jesus não era um homem só porque ninguém jamais viu o seu pênis”.
Fonte: Gospel.

Gente, como uma pessoa pode se expor desse modo ao referir-se a respeito de um assunto tão sério como o que ela aborda. Essa "doutora" Susannah Cornwall, se diz Teóloga, mas, deixa claro que pode ser formada em teologia na área de assuntos feministas como ela se destaca, mas, no assunto religioso, ela não tem nem um pouquinho de conhecimento da bíblia, quanto mais o chamado teologia cristã, que aliás, não está realmente dizendo que seja. Um teólogo cristão, jamais falaria tamanho absurdo, até porque para se ter um diploma de teólogo cristão sério, se há a necessidade de se prestar uma faculdade, ou seminário sobre o assunto em questão. São no mínimo 6 anos de estudos puxado, pesquisas, palestras entre outros. Se o estudante de faculdade ou seminarista for Evangélico, terá ainda que ter aprovação e assistência e acompanhamento de sua Igreja, bem como estar apto para lidar com o assunto antes de ser intitulado teólogo cristão evangélico! E quando a pessoa é realmente um teólogo com certeza jamais irá abordar tal assunto sem antes ter ao menos uma fonte de informação, o que nesse escrito acima nada vemos em que ela esta se baseando. 
O que nos leva a entender que a "doutora", esteja querendo é ganhar destaque para se promover em algo que com certeza lhe venha ser muito benéfico em alguma área que por ventura ela atue, do contrário, podemos qualifica-la de uma charlatã das piores qualidade, por não tem se embasado em nada de concreto, o que não seja apenas uma suposição pessoal.






Escrito por;







***FRANCIS DE MELLO*** 

3 comentários:

  1. loucaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  2. Não a chamaria de louca, mas, de patética, desequilibrada, desnorteada e sem conhecimento da verdade!

    ResponderExcluir
  3. Se o ponto x da questão for parar em sexo. Será a questão de perguntar agora se Deus e espírito por que existe o sexo? E por que os judeus entre uma crença oculta tem o matriarcado em sua cultura e adoram um Deus hermafrodita Jeová . Por que existe adoração fálica na cultura do homem.
    Nada está esclarecido direito o ponto do sexo vai dar muito pano pra manga independente de quem fala aberração ou não.

    ResponderExcluir