Follow by Email

sexta-feira, 9 de março de 2012

"MUNDO CRISTÃO; O POLÊMICO PASTOR PAT ROBERTSON DEFENDE EM SEU PROGRAMA 'THE 700' A LEGALIZAÇÃO DA MACONHA NOS ESTADOS UNIDOS"


Famoso pastor televangelista defende a 

legalização da maconha para diminuir o 

número de prisões.













Famoso pastor televangelista defende a legalização da maconha para diminuir o número de prisões

















O polêmico pastor Pat Robertson defendeu em seu programa “The 700 Club” a legalização da posse de pequenas quantidades de maconha para as pessoas. Essa tese já havia sido defendida por ele anos atrás, porém, na época, a equipe de assessores dele remediou as declarações haviam sido mal interpretadas.
No último dia 06/03, o pastor afirmou que para reduzir a superlotação das cadeias norte-americanas, e também a despesa do governo com detentos, a lei que proíbe o consumo de maconha deveria ser alterada, permitindo a posse de pequenas quantidades.
O pastor, conhecido por sua posição política conservadora e republicana, surpreendeu e casou comoção aos telespectadores, o que levou a ser severamente criticado.
Pat Robertson é conhecido por suas declarações polêmicas, como por exemplo, afirmar que a culpa doterremoto no Haiti era do povo e de suas tradições religiosas que haviam amaldiçoado o país.
Em outras oportunidades o pastor já afirmou que maridos que possuem esposas com Mal de Alzheimer devem se separar e que a legalização do casamento gay causou um terremoto nos Estados Unidos. Recentemente o pastor alegou que a tragédia causada por uma série de tornados no meio-oeste dos Estados Unidos poderia ter sido evitada se o povo norte-americano orasse mais. Em 2007 ele disse que Deus havia lhe revelado que haveria um ataque terrorista nos Estados Unidos no segundo semestre daquele ano, segundo a profecia dita ao vivo no “The 700 Club” haveriam “mortes em massa”.
Assista abaixo, no vídeo em inglês, a defesa do pastor Pat Robertson à descriminalização da maconha:


Cônsul do Haiti afirma que país tem maldição. Pastor diz que o Haiti paga por ter feito pacto com o diabo.



O cônsul-geral do Haiti em São Paulo, George Antoine, segundos antes de iniciar a gravação de uma entrevista para o SBT na quinta-feira, 14, soltou algumas frases infelizes em relação ao terremoto que devastou o país mais pobre da América Central. O cônsul tem mais de 100 parentes no Haiti.
Com microfone de lapela e aparentemente sem saber que o áudio já estava sendo gravado, Antoine virou-se para um funcionário da representação diplomática e disse: “A desgraça de lá tá sendo uma boa para a gente aqui ficar conhecido (…) Aquele povo africano acho que de tanto mexer com macumba, não sei o que á aquilo (…) O africano em si tem maldição. Todo lugar em que tem africano tá f…”
Após saber que o microfone de lapela estava ligado, o cônsul, já durante a entrevista, segurou um terço nas mãos, e disse estar abalado com o que ocorreu no Haiti. “Esse terço nós usamos pois nos dá uma energia positiva que acalma a pessoa. Como eu estou muito tenso e deprimido com o negócio do Haiti, a gente fica mexendo com vários para se acalmar”.
Fonte: Estadão / Gospel
O evangélico americano Pat Robertson, que anima um programa de TV, lançou uma polêmica nos Estados Unidos ao explicar que o terremoto que arrasou Porto Príncipe seria a consequência de um “pacto com o Diabo” selado pelos haitianos há dois séculos para se livrar dos franceses.
A controvérsia obrigou a Casa Branca a intervir, qualificando as declarações de “profundamente estúpidas”.
Falando em seu programa de TV, o evangélico, candidato às primárias republicanas para a eleição presidencial de 1988, lembrou que os haitianos “eram dominados pelos franceses”.
“Eles se reuniram e selaram um pacto com o Diabo. Disseram a ele: ‘serviremos a você se nos livrar dos franceses’. A história é verdadeira. E o Diabo respondeu: ‘está certo’”, relatou Pat Robertson, 80 anos.
“Desde então, eles são vítimas de uma série de maldições”, afirmou o evangélico, comparando a situação no Haiti com a do país vizinho, a República Dominicana, relativamente próspera.
Questionado sobre estas declarações, o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, declarou-se “surpreso” de que “nestas horas de inimaginável sofrimento humano, alguém tenha a coragem de proferir coisas tão profundamente estúpidas”.
Poucas horas antes, o presidente Barack Obama prometeu que os Estados Unidos não abandonarão o Haiti, e anunciou uma ajuda de emergência de 100 milhões de dólares e o envio de milhares de soldados e socorristas para ajudar as vítimas do terremoto de terça-feira.
Sob dominação espanhola até 1697, e depois francesa, o Haiti se tornou em 1804 a primeira república negra independente depois da derrota do corpo expedicionário de Napoleão Bonaparte, que queria restabelecer no país a escravidão abolida pela Revolução Francesa.
Pat Robertson, derrotado por George Bush nas primárias republicanas para a eleição presidencial de 1988, já fez várias declarações polêmicas. Em 2006, ele explicou que o AVC sofrido por Ariel Sharon foi uma punição divina infligida ao ex-primeiro-ministro israelense por sua retirada da Faixa de Gaza.

Famoso pastor aconselha na tv que homens cristãos devem se separar de esposas que tiverem Mal de Alzheimer.

Em seu programa de TV, o Pastor Pat Robertson foi questionado por um telespectador em seu programa “Bring It On” (Manda Ver) sobre qual conselho ele teria para um amigo que estava saindo com uma amante, pois sua esposa sofria de Alzheimer. O Pastor e Apresentador então aconselhou seu telespectador da seguinte maneira: “Eu sei que vai parecer cruel o que vou dizer, mas se ele for fazer alguma coisa, ele deveria se divorciar dela e começar tudo de novo, mas que garanta antes que ela tenha cuidados médicos adequados e que alguém tome conta dela, pois eu não gostaria de colocar numa espiral de culpa alguém que se divorcia de uma esposa com esta enfermidade”.
Terry Meeuwsen que apresenta o programa ao lado do Pastor, questionou Pat Robertson sobre os votos do casamento que são feitos pelo casal na cerimônia, onde um promete ao outro que estará ao lado “na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, até que a morte nos separe”. O televangelista então, respondeu sua colega dizendo que “se você respeita aqueles votos, você disse ‘até que a morte nos separe’ e o Alzheimer é um tipo de morte”. Não demorou para surgir uma repercussão negativa e protestos de quem assistia o programa. Um porta-voz da emissora veio a público informar que o Pastor não tinha mais nada a declarar sobre o assunto.
O Pastor Pat Robertson é conhecido por suas afirmações polêmicas sobre temas delicados. Recentemente, ele afirmou que o terremoto do Haiti era o castigo de Deus pelo fato de os haitianos terem feito pacto com o Diabo, e ficou em silêncio a respeito dos terremotos que atingiram os Estados Unidos no mês passado.

Líder religioso afirma que legalização do casamento gay provocou terremoto nos Estados Unidos.


Líder religioso afirma que legalização do casamento gay provocou terremoto nos Estados Unidos

















O rabino Yehuda Levin (foto) postou um vídeo no Youtube atribuindo o terremoto de 5,8 graus que sacudiu na terça-feira (23) a costa leste dos Estados Unidos à ira de Deus com a legalização do casamento gay em Washington DC e Nova Iorque.
O rabino, que é de Nova Iorque, não é o primeiro a responsabilizar a homossexualidade por desastres naturais. Ele fez coro com o muçulmano Hajatoleslam Kazem Sedighi, de Teerã (Irã), e com o televangelista americano Pat Robertson.
Ele disse que não odeia os gays – como tem reiterado no Brasil o também polêmico pastor Silas Malafaia (Veja abaixo, o que disse Silas), e criticou os homossexuais adeptos da pedofilia.
Ao final do vídeo, o rabino surpreendeu ao dizer que os gays não terão de pagar seus pecados no inferno.
No judaísmo, não existe inferno.

(Pastor Silas Malafaia afirma que colocar evangélico no Ministério da Pesca não vai “dar refresco” para candidatura do autor do “kit gay”.




A nomeação do senador e bispo da Igreja Universal, Marcelo Crivella (PRB-RJ), para o Ministério da Pesca está sendo vista por muitos evangélicos como uma tentativa do governo da presidente Dilma Rousseff de agradar o eleitorado evangélico. Outra motivação para nomear o senador, que já afirmou não ser especialista no assunto, é vista também como um caminho usado pelo governo para diminuir rejeição dos religiosos à candidatura de Fernando Haddad (conhecido pelo kit gay) na disputa da prefeitura de São Paulo.
Lideranças evangélicas como o pastor Silas Malafaia e o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), um dos líderes da bancada evangélica, usaram as redes sociais para manifestar suas opiniões sobre a nomeação.
Cunha afirmou, através do Twitter, que “o Crivella não representa a bancada evangélica e nem o cargo dele tem nada a ver com evangélicos. Ele representa o partido dele”. Ele disse ainda que “achar que evangélicos vão ficar satisfeitos porque têm um deles no governo comandando o inexpressivo Ministério da Pesca é risível”).

Apresentador de TV evangélico prevê ataque terrorista aos EUA.


O apresentador cristão conservador Pat Robertson diz que Deus lhe revelou que um ataque terrorista vai causar “mortes em massa” nos Estados Unidos no segundo semestre de 2007. “Não estou dizendo que seja necessariamente um ataque nuclear, o Senhor não falou em nuclear”, disse Robertson ontem em seu programa de televisão “The 700 Club”
“Será uma matança em massa, possivelmente milhões de pessoas, em grandes cidades. As pessoas más virão atacar este país, e há uma possibilidade, não uma possibilidade, uma certeza definitiva, de que o caos irá reinar”, disse ele.
Robertson afirmou aos espectadores que eles não devem temer, porque, “se vocês morrerem numa explosão ou algo assim, irão ao paraíso. Isso é o pior que pode lhes acontecer”. O apresentador disse que Deus lhe transmitiu essa mensagem durante seu retiro anual para orações. Ele falou que recebeu outras mensagens espirituais durante retiros passados.
Em 2006, Pat Robertson previu temporais que causariam danos grandes nas regiões costeiras. A previsão foi seguida pela temporada de temporais que foi a segunda mais branda desde 1995.
Ele disse que sua previsão foi confirmada pelas tempestades ocorridas na Nova Inglaterra, em Denver, no Noroeste Pacífico e nas Filipinas. Deus não o teria avisado de desastres naturais para este ano. Pat Robertson tem 76 anos e chega a cerca de 1 milhão de espectadores norte-americanos por dia com sua rede Christian Broadc asting Network, que ele próprio fundou.
Ele é visto como responsável por ajudar a moldar as posições políticas dos cristãos evangélicos, uma força dinâmica no Partido Republicano. Em 1988, ele fez campanha pela presidência pelo Partido Republicano. Robertson não evitou outras declarações polêmicas no passado.
Em janeiro de 2006, ele sugeriu que o ex-premiê israelense Ariel Sharon teria sofrido um derrame porque Deus o estaria punindo por dividir Israel. Ele pediu o assassinato do presidente venezuelano Hugo Chávez, crítico declarado do presidente George W. Bush. 
Em seu Web site (http://www.cbn.com/communitypublic/shake.aspx), Pat Robertson afirma que é capaz de empurrar com as pernas um peso de 907 quilos num aparelho de ginástica, peso bem acima do recorde mundial, graças a um shake energético que ele próprio promove.


Fonte: Gospel/clicabrasilia,






Postado por;








***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário