Follow by Email

sábado, 14 de abril de 2012

"EVANGÉLICOS DETONA HUMORISTA MARCELO ADNET POR SUAS IMITAÇÕES À PASTORES"




Humorista Marcelo Adnet comenta críticas recebidas de evangélicos por causa de suas imitações de pastores. Assista na íntegra.









Humorista Marcelo Adnet comenta críticas recebidas de evangélicos por causa de suas imitações de pastores. Assista na íntegra









O humorista e apresentador, Marcelo Adnet, da MTV, deu uma entrevista no programa “Papo com Benja”, apresentado por Benjamin Back. Durante o programa falaram principalmente de futebol, mas entre outros assuntos, Adnet comentou sobre as críticas que recebe de evangélicos por causa da imitação que ele faz de pastores.
Várias performances do humorista são motivo de polêmica entre os evangélicos, como o personagem chamado “pastor França”, que prega e canta de forma similar aos pastores neopentecostais, ironizando os trejeitos dos pastores. Ele tem também um vídeo chamado “Fala sonhando que eu te escuto” em que satiriza o programa da Igreja Universal, e o “Comédia em fé” no qual ironiza questões como o dízimo.
Perguntado sobre os assuntos que mais geraram polêmica em seu trabalho, o humorista comentou sobre as piadas de pastor. Usando os trejeitos de suas imitações de pastores evangélicos, Adnet fez uma piada sobre “dar dez por cento” de tudo que se gasta com futebol para o programa e afirmou: “Quando faço esse tipo de coisa a comunidade fala pra mim: ‘Deus pesará a mão sobre você, você vai queimar no inferno’”, ele disse também que quem lida com humor acaba enfrentando preconceitos, e já ouviu pessoas o rotulando como pecador por causa do trabalho que faz.
Assista ao vídeo da entrevista:
Fonte: Gospel+

Não vi nada que possa gerar polêmica sobre o fato do humorista falar algo refente à pastores que na realidade há muito bem do jeitinho que ele deu uma pincelada sobre o humor feito a respeito.
Oras, se o humorista Marcelo Adnet, comenta sobre os pastores bolachões e fanfarrões, temos agora que descer a lenha no camarada? Não, não podemos nos santificar sem na realidade sermos santos como nos colocamos nos pedestais como se fossemos. 
Estamos em um país que tem suas intolerâncias anticristãs, contudo, esse é um país que nos tem dado a liberdade de expressão mais de que qualquer outro país do mundo.
Em meu entender, existem muitos cristãos querendo ser santos sem no entanto estar vivendo o verdadeiro evangelho de Cristo. Atirar pedra é muito fácil, porém ser apedrejado, dói muito, mas, é preciso estar preparados de verdade para tal. O Próprio Jesus foi zombado em sua época que esteve aqui na terra, mas, nem por isso Ele se sentiu ofendido, mas, sabem porque? "eu mesmo Respondo"! Ele estava olhando para o verdadeiro projeto para que Ele foi enviado! Agora, os chamados cristãos de cristal que não podem ser tocados, ficam achando-se melhor que o Mestre Jesus.
Sou Pastor/missionário, porém o que vou comentar aqui tenho certeza de que os cristãos/cristal, irão se escandalizar. Mas em reuniões de palestras entre pastores em conversas há e eu ouvi as mais pesadas piadas sobre nós próprios. Essa de que Pastor é intocável isso é lorota do diabo para santificar os comedores de feijão, que na realidade nem vivem o que pregam. Há umas palavra que Jesus menciona que gosto muito de citá-los, veja Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.
E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?
Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?
Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão. Mateus 7:2-5.

Nos é muito fácil apontar os erros dos outros, mas, quando se trata de alguém fazer um alerta sobre nós, aí ficamos todos cheios de não me toque não me rele, Agora se o humorista estiver falando de um padre, teísta, budista, ou seja lá quem mais, seria bem capaz que não haveria nenhum comentário sobre!































***FRANCIS DE MELLO*** 

Nenhum comentário:

Postar um comentário