Follow by Email

sábado, 23 de junho de 2012

"PASTOR SILAS MALAFAIA FAZ PROTESTO NA RIO+20, EM PROL DO PASTOR YOUSEF PRESO NO IRÃ"












Pastor Silas Malafaia organiza protesto contra o presidente do Irã e pede a libertação de Yousef Nadarkhani. 










Pastor Silas Malafaia organiza protesto contra o presidente do Irã e pede a libertação de Yousef Nadarkhani. Veja fotos
O pastor Silas Malafaia e o Conselho de Pastores do Rio de Janeiro organizaram um protesto contra o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, que participou da Conferência da ONU Rio+20.
A ação ocorreu em frente ao hotel Royal Tulip, no bairro de São Conrado, sob coordenação do pastor Alexandre Isquierdo. Os manifestantes levaram faixas em português e inglês, com dizeres contrários à visita do chefe de estado iraniano.
Nas faixas, haviam os dizeres “Presidente Ahmadinejad, no Brasil, o Islamismo é livre. Faça com que o Cristianismo também seja livre no Irã”; “Presidente Ahmadinejad, você prega a eliminação do estado democrático de Israel. Você não é bem vindo! O Brasil é um país democrático”; e “Presidente Ahmadinejad, liberte o pastor Yousef Nadarkhani! Liberdade religiosa no Irã já!”.
Os protestos tinham também transcrições das frases acima para o inglês, com a intenção de que a manifestação fosse entendida pelo presidente iraniano e repercutida nos órgãos de imprensa internacionais.
Silas Malafaia não compareceu ao evento, pois segundo informação de seu site, estava cumprindo agenda em Joinville, Santa Catarina. Malafaia comentou o resultado da manifestação: “Este é um meio legal e pacífico do exercício da nossa cidadania”, afirmou.
A repercussão aqui no Brasil atraiu atenção de jornalistas ligados à revista Veja, que publicou informações a respeito. O jornalista Reinaldo Azevedo publicou matéria defendendo a iniciativa: “Fizeram muito bem! O facinoroso veio para o encontro da ‘Rio+20’ e, como vocês viram, tentou dar lições de moral e humanismo ao mundo”, escreveu.
Já a coluna Radar Online, comandada por Lauro Jardim, divulgou informação de que o pastor Silas Malafaia e outros onze pastores assinaram uma carta pedindo a libertação do pastor Yousef Nadarkhani.
De acordo com Jardim, Malafaia teria entregue essa carta ao vice-presidente da República, Michel Temer, que teria repassado o documento ao presidente Ahmadinejad.
Malafaia comentou em seu site a repercussão das iniciativas pela libertação do pastor Yousef Nadarkhani: “Durante muito tempo o povo de Deus se alienou das questões sociais. Quando Jesus declarou ‘dai a César o que é de César e dai a Deus o que é de Deus’, Ele estava afirmando a nossa responsabilidade com a cidadania terrena e espiritual. [...]Fique atento a todos os comentários em revistas e jornais que envolvam a nossa comunidade e nossos princípios de fé… Emita opinião! A imprensa respeita aqueles que se posicionam!”, constatou.
Confira abaixo fotos da manifestação organizada pelo pastor Silas Malafaia contra o presidente do Irã:








***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário