Follow by Email

domingo, 17 de junho de 2012

"ASSALTANTE É MORTO POR SUA VÍTIMA, EM BIRIGUI INTERIOR DE SÃO PAULO; UM APOSENTADO DE 72, TOMA A ARMA DO ASSALTANTE E O MATA COM UM TIRO NO PEITO"







SP: ex-jogador de basquete de 72 anos toma arma e mata assaltante.









Vítima de assalto, um aposentado entrou em luta corporal, tomou a arma e matou o ladrão, na noite deste sábado, em Birigui, no interior de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, depois de atingir o ladrão no peito, o aposentado ainda teria atirado contra outro ladrão, que estava no quintal de sua casa, mas o homem fugiu. A pedido da família, a polícia não divulgou a identidade do aposentado, que é portador de doença cardíaca e teve de ser internado em observação depois do homicídio.
O crime aconteceu na rua João Gallo, uma das principais do centro de Birigui. Por volta das 20h30 o jogador de basquete aposentado de 72 anos assistia à TV com a mulher na sala de casa quando um ladrão, armado com um revólver calibre .38, entrou no recinto, depois de pular a janela de um dos quartos. Ao render o casal, o ladrão pediu para que ex-jogador sentasse no outro sofá, onde estava sua esposa. Ao se levantar, o aposentado se aproveitou da distração do bandido e iniciou uma luta, conseguiu tomar a arma e efetuar um disparo.
Atingido no peito, o assaltante ainda tentou fugir correndo pela porta de saída, mas acabou caindo, morto, na garagem da casa. O tiro atravessou o peito e saiu pelas costas do assaltante. Em seguida, o aposentado também teria atirado em um segundo ladrão. De acordo com a Polícia Militar local, o comparsa aguardava no quintal da casa e fugiu depois de ver o colega morto. Não se sabe se o tiro atingiu ou não o segundo ladrão.
A polícia identificou o homem morto como sendo Marcelo Tadashi Yamagushi, 37 anos, um nissei que morou por alguns anos no Japão, com passagens pela polícia, egresso do sistema prisional em março de 2011, segundo informaram PMs que atenderam a ocorrência.
A delegada Isabel Cristina Barbosa, que atendeu o caso no Plantão Policial, disse que ainda era cedo para dar mais detalhes sobre o homicídio, mas confirmou a versão dada pela PM de que o aposentado usou a arma do assaltante para matá-lo. Segundo ela, testemunhas seriam ouvidas ainda na noite deste sábado para dar mais informações sobre o crime. "O aposentado teve de ser levado para o hospital, devido a uma crise hipertensão. Assim, que ele melhorar, vamos ouvi-lo", disse a delegada.







***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário