Follow by Email

quarta-feira, 6 de junho de 2012

"ARQUEÓLOGOS DESCOBREM OS RESTOS DO PRIMEIRO TEATRO SHASKESPEARE EM LONDRES"





Teatro onde Shakespeare estreou 'Romeu e Julieta' é encontrado.















Anterior ao The Globe, o teatro Curtain abrigou a companhia do escritor. Foto: AP
Anterior ao The Globe, o teatro Curtain abrigou a companhia do escritor
Foto: AP




Arqueólogos descobriram, em Londres, os restos de um dos primeiros teatros usados pela companhia de William Shakespeare, a Companhia de Teatro de Lord Chamberlain. Anterior ao The Globe, o teatro Curtain, ao norte do rio Tâmisa, em Shoreditch, foi palco da primeira encenação de Romeu e Julieta e Henrique V.
Restos de paredes que formam a galeria e o pátio interno do local foram descobertos por arqueólogos do Museu de Arqueologia de Londres (Mola, na sigla em inglês). "Este é um local fantástico que nos dá uma visão única sobre o início do teatro de Shakespeare", disse Chris Thomas, do Mola, que está conduzindo o trabalho.
A descoberta poderá encantar os historiadores e fãs de Shakespeare, uma vez que as escavações oferecem um retrato do local onde as produções iniciais do escritor foram encenadas, embora grandes detalhes sejam pouco conhecidos sobre o precoce teatro. "Este é um lugar extraordinário e uma descoberta fortuita no ano da celebração mundial de Shakespeare", disse Kim Stabler, assessora de Arqueologia do English Heritage, órgão público que protege o patrimônio histórico britânico.
Londres tem celebrado a sua herança cultural com um festival mundial de Shakespeare, que acontece no Globe e em todo o Reino Unido. A iniciativa é parte de uma celebração que se extende até novembro, como forma de coincidir com os Jogos Olímpicos deste ano.
O Curtain abriu em 1577, perto do primeiro teatro de Londres, O Teatro, e abrigou um dos vários palcos construídos fora dos muros da cidade. Arqueólogos encontraram os destroços do Curtain na Hewett Street, após o início de um projeto de restauração, conduzido por uma construtora local, em outubro do ano passado.









***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário