Follow by Email

quinta-feira, 7 de junho de 2012

"FELIPE MASSA NÃO GOSTOU DAS PERGUNTAS DOS JORNALISTAS SOBRE SEU FUTURO, MUITO MENOS A FERRARI GOSTOU"




Ferrari ironiza nova pergunta sobre futuro de Massa: virou "tradição".

















Massa cumprimenta Webber em entrevista; australiano já foi especulado na Ferrari. Foto: AP
Massa cumprimenta Webber em entrevista; australiano já foi especulado na Ferrari
Foto: AP


Um dos seis pilotos escolhidos para a entrevista coletiva oficial organizada pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) antes de cada Grande Prêmio da Fórmula 1, Felipe Massa recebeu um questionamento que não agradou muito à Ferrari. Em seu site oficial, a equipe ironizou uma pergunta sobre o futuro do brasileiro.
"Como sempre, Felipe enfrentou perguntas relativas a seu futuro, uma das grandes 'tradições' da sua longa carreira na Ferrari", escreveu a escuderia italiana, em nota publicada em seu site sobre a entrevista desta quinta-feira, em Montreal.
A equipe ainda ressaltou que Massa "corrigiu um jornalista que havia feito a pergunta", em referência a um repórter do jornal italiano La Gazzetta dello Sport. Este perguntou a Massa se "seria possível ver" o piloto "no futuro como (Rubens) Barrichello na Fórmula Indy", citando que o brasileiro havia dito que, caso deixe a Ferrari, "preferiria fazer uma outra coisa" a permanecer na F1.
"Eu realmente não disse o que você disse", rebateu o brasileiro, em referência a uma entrevista publicada no início da semana pelo periódico alemão Auto Bild - possivelmente mal traduzida para o italiano. "Eu afirmei que o mais importante é pensar no presente, pensar corrida a corrida, nos resultados. Depois de agosto, nós começaremos (a ver) o que acontecerá no futuro. Eu não disse que, se eu não estiver mais na Ferrari, eu pararei. Eu afirmei que se eu precisar ir para um time pequeno, talvez pense em fazer alguma outra coisa".
Massa não cita Indy após pergunta de repórter italiano sobre possível futuro como Barrichello
A resposta de Felipe Massa não chegou a citar em nenhum momento o questionamento do repórter sobre a Fórmula Indy, categoria da qual Rubens Barrichello passou a fazer parte em 2012 depois de 19 temporadas consecutivas na F1. "A temporada não começou como eu esperava, mas acho que as coisas estão ficando melhor, então é importante evoluir a partir disso; se eu o fizer, será muito mais fácil encontrar uma boa direção para o futuro, ficando na Ferrari ou encontrando uma boa direção na qual correr", concluiu.
Massa, 31 anos, está na Ferrari desde 2006 e tem contrato até 2012. Enquanto ele sofre com a pressão de imprensa italiana para subir de rendimento e é constantemente questionado sobre o futuro, a Ferrari preferiu destacar outras declarações concedidas pelo piloto nesta quinta.
"As primeiras perguntas foram concentradas no aparente renascimento do piloto ocorrido há duas semanas em Mônaco", relata a equipe em seu site, lembrando que o paulista foi sexto colocado na prova, obtendo seu melhor resultado na temporada.
"Foi um bom fim de semana, onde nada deu errado, e espero que tudo o que descobrirmos em Monte Carlo possa ser utilizado para andar melhor no Canadá e no restante da temporada", comentou Massa, que compete no GP de Montreal, o sétimo do ano, neste fim de semana. Ele é o 14º colocado do Mundial com dez pontos; o outro ferrarista, o espanhol Fernando Alonso, soma 76 e ocupa a liderança da classificação.









***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário