Follow by Email

quarta-feira, 4 de julho de 2012

''LIBERTADORES É O MAIOR ASSUNTO DE HOJE NO BRASIL É SÓ A FINAL DA LIBERTADORES, ALÉM DO ABUSO DOS PREÇO DO INGRESSO, DIZ ADVOGADA SÃO-PAULINA"




Torcedores se impressionam com preços de ingressos em SP.












A advogada Rachel Pachiega não aguenta mais falar da final da Libertadores. Foto: Adriano Lima/Terra
A advogada Rachel Pachiega não aguenta mais falar da final da Libertadores
Foto: Adriano Lima/Terra




Só se fala nisso. Nos elevadores, corredores, nas empresas e nas ruas, o clássico Corinthians e Boca Juniors da noite desta quarta-feira no Pacaembu, jogo de volta pela final da Libertadores da América, está presente em quase todas as conversas: desde palpites sobre o placar, da ansiedade com a partida, até o preço exorbitante que alcançaram alguns ingressos para a torcida.
"Eu vi alguém vendendo por R$ 10 mil na internet e gente perguntando se aceitava financiamento, outro dizendo que venderia a moto", disse impressionado um empresário da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Outro caso de destaque é do estudante Lucas Valentim, que veio de Brasília para tentar assistir à partida. "Vi grupo de venda no Facebook o cara vendendo por R$ 22 mil, está um absurdo", contou ele. "A gente veio na doida. Talvez consiga uns ingressos na faixa com uma amiga nossa. Se não der, a gente vai até a sede da Gaviões", disse ele.
Na empresa de Ezequiel Alcieri, no Centro da capital paulista, também não se fala em outra coisa. "Vou falar a verdade, está difícil de trabalhar, eu só estou esperando dar 19h horas pra ir para casa e assistir ao jogo com minha família", confessou ele. "A maioria do pessoal tá torcendo contra, mas eu estou apostando em vitória."
Já a advogada Rachel Pachiega disse não suportar mais a falação sobre o duelo desta noite. "Não aguento mais o universo não ter outro assunto", desabafou. A mobilização em torno da partida é tão grande que ela já pensa em trocar de lado na torcida. "Não tenho nada contra nenhum time. Sou são-paulina, eu torceria contra, mas a Gaviões está me contagiando, acho que vou torcer pro Corinthians ganhar e acabar de uma vez esse assunto", brincou ela.






***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário