Follow by Email

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

"RELEMBRE AS PROMESSAS DE FERNANDO HADDAD"


Plano de governo do prefeito eleito, com 120 páginas, dá destaque para desenvolvimento urbano.











Haddad promete ampliar o Bilhete Único, com opções diárias, semanais e mensais
Haddad promete ampliar o Bilhete Único, com opções diárias, semanais e mensais.









Plano de governo do prefeito eleito, com 120 páginas, dá destaque para desenvolvimento urbano.
Queremos deixar registrados aqui um resumo das promessa de campanha feita no programa de governo do prefeito eleito pela capital de São Paulo, Fernando Haddad, num total de 120 páginas formado por uma cartilha de intenção administrava para o caso de se eleger. 
Haddad, acabou por ser eleito o prefeito para os próximos quatros anos, o que lhe faz obrigado atentar para as promessas feitas em caminhadas de campanha pelas ruas da capital paulista, o que demonstra que seus eleitores acreditaram em seu programa de governo. O que o levará à ser cobrado do próprio partido o cumprimento dessas promessa em se tratando da principal prefeitura do país. Dai a necessidade em se fazer um ótimo governo em relação aos 16 anos do PSDB, de seu principal opositor.
A principal proposta do prefeito eleito Fernando Haddad (PT) é o estimulo à criação de empregos e desenvolvimento no que o petista chamou de “Arco do Futuro”, formado pela avenida Cupecê, na divisa com Diadema, as marginais Pinheiros e Tietê e a Avenida Jacu-Pêssego, na Zona Leste da capital.
De acordo com Haddad, isso faria as pessoas trabalharem em lugares mais próximos das suas residências. Ele diz que o estímulo ao emprego descentralizado diminuiria os deslocamentos e aumentaria o tempo livre dos paulistanos.
O estimulo à criação de empregos nessas áreas seria feito através de isenção fiscal e obras de infraestrutura. Haddad diz que o ISS poderia ser baixado de 5% para  2% e o IPTU zerado nesses locais. Ainda segundo o candidato, isso não causaria perda de arrecadação no município porque mais empresas viriam à cidade.
Haddad diz estar quebrando com a lógica de Prestes Maia, prefeito da cidade por dois mandatos, o primeiro na década de 1930 e o segundo na de 1960. Maia foi um grande responsável pela criação de empregos no Centro da cidade e a abertura de avenidas sobre rios.
Haddad também propôs o Bilhete Único Mensal e a Controladoria-Geral do Município.
PROMESSAS:
Planejamento Urbano

A  proposta de planejamento estratégico visa equilibrar a cidade, reorientando o desenvolvimento urbano, econômico e social da cidade. O projeto integra grandes obras viárias, criação de polos de emprego, soluções urbanísticas de moradia e de convivência, investimentos em transportes, bem como a criação e recolocação de equipamentos públicos. O objetivo é aproximar emprego e serviços públicos, como escolas e moradia.

Transporte

A bandeira do prefeito eleito é a ampliação do Bilhete Único, com opções diárias, semanais e mensais, ao custo de R$ 140 ao mês, R$ 70 para estudantes.  Além disso, pretende recuperar os atuais corredores de ônibus  e construir 150 quilômetros de vias exclusivas para esse tipo de transporte público,  entre os quais na Celso Garcia, Ragueb Chohfi, Radial Leste, Aricanduva e Jacu-Pêssego. Promete ainda implantar mais 150 quilômetros de faixas somente para ônibus.

Saúde

Implementar a Rede Hora Certa, instalando em cada subprefeitura ambulatório de especialidades, laboratório de exame de imagens e serviços permanentes de cirurgia ambulatorial para agilizar o acesso e reduzir o elevado tempo de espera. O prefeito eleito quer ainda construir, com apoio de recursos estaduais, federais e do BNDES, três   hospitais e cinco prontos-socorros, além da ampliação das unidades existentes, com a criação de mil leitos hospitalares.

Educação

Ampliar o tempo de permanência do estudante sob os cuidados da escola. Além disso, Haddad promete criar 150 mil vagas para crianças de 4 a 5 anos. Para isso, pretende construir 172 creches  em parceria com o Ministério da Educação e mais 20 CEUs, oferecendo atividades culturais e esportivas. Serão ainda criados 31 polos da Universidade Aberta do Brasil, uma em cada subprefeitura. Promete ainda criar a Unifesp, em Itaquera, na Zona Norte da capital.

Meio Ambiente

A principal promessa é a extinção da taxa de inspeção veicular e a reavaliação do atual modelo de controle de poluição. O programa  para essa área joga todas as fichas na ampliação da coleta seletiva de 1% para 10% do lixo produzido na cidade. Outra proposta é aumentar a quantidade de Ecopontos de 56 para 140. Haddad disse ainda que vai articular com os governos estadual e federal a limpeza dos rios Tietê, Pinheiros e Tamanduateí e das represas localizadas 

na cidade.

Habitação

Priorizar a construção de moradias em regiões com maior déficit habitacional e em locais dotados de serviços urbanos, equipamentos públicos, sistemas de transporte e opções de lazer e, se possível, próximos aos postos de trabalho, inclusive nas áreas que forem objeto de planos urbanísticos de reestruturação urbana. A promessa é construir 55 mil moradias. Há também planos de urbanizar e regularizar favelas e loteamentos irregulares nas áreas de proteção ambiental, beneficiando 340 mil famílias.

Desenvolvimento Econômico

O crescimento econômico regional e a descentralização administrativa são dois compromissos de Haddad. Ele promete a criação de organismo de participação, em cada subprefeitura, como o  Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, constituídos por lideranças sociais, empresários e trabalhadores. O petista promete ainda criar o Parque Tecnológico da Zona Leste e dois centros tecnológicos, nas zonas Sul e Leste. O plano inclui ainda o Centro Convenções em Pirituba, na Zona Norte.





***FRANCIS DE MELLO***


Nenhum comentário:

Postar um comentário