Follow by Email

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

"OS RESTOS MORTAIS DE JESUS EM BURGH, DEVAON NO REINO UNIDO; SEGUNDO O ARQUEÓLOGO AMADOR MICHAEL GOLDSWOTHY"



Jesus está enterrado em ilha do Reino Unido, diz arqueólogo amador.


























Michael Goldsworthy diz que tem provas de que 
os restos mortais de Jesus Cristo estão na Burgh Island, ilha que fica perto de uma pequena vila costeira, em Burgh, Devon, Reino Unido. O arqueólogo amador agora busca a permissão do conselho local para escavar a minúscula ilha de maré, separada da terra por uma estreita faixa de areia. 
Segundo teoria, Jesus Cristo estaria enterrado em Burhg Island, ilha de Devon, no Reino Unido.
Goldsworthy acredita que Cristo foi enterrado ao lado de seu tio, José de Arimatéia, em um túmulo que também pode guardar o Santo Graal, o Sudário de Turim e da Arca da Aliança, além de uma caixa contendo os Dez Mandamentos. 
Suas afirmações bizarras são baseadas em sua interpretação de um enigma latino de 1.500 anos atrás atribuído a um monge chamado Melkin, que disse que o local de sepultamento de José de Arimatéia estava em Avalon, uma ilha mítica destaque nas lendas do Rei Arthur. 
O arqueólogo, que vive na aldeia vizinha de Aveton Gifford, acredita que Avalon foi erroneamente identificada como Glastonbury Tor, ao invés de Burgh Island, onde Agatha Cristie também definiu como cenário de duas de suas histórias de detetive.


 

Segundo teoria, José de Arimatéia teria levado os restos mortais de Jesus Cristo para a ilha, após a crucificação.

Goldsworthy disse: "Após a crucificação, José conseguiu obter o corpo de Jesus e, supostamente, recolheu o seu sangue e suor em um ou dois recipientes e os trouxe com ele para a Inglaterra". 
"O navio ou navios, supostamente, encontraram-se agora com José de Arimatéia em um sepulcro descoberto na Grã-Bretanha. Quando seu sarcófago for descoberto, ele será visto inteiro e intacto, e será aberto a todo o mundo", explicou o arqueólogo sua teoria. 
Burgh Island é de propriedade dos hoteleiros Deborah Clark e Orchard Tony que dizem que estão cientes da teoria de Goldsworthy , mas não estão dispostos a associar-se com ele.
Sempre que alguém aparece com uma teoria desse naipe, outros tendem a duvidar do conteúdo da Bíblia, se certo ou errado. Mas, uma coisa ninguém conseguirá mudar, é a essência da palavra de Deus, quanto ao fato da ressurreição do Jesus. Até a presente data, já se houve dezenas de suposições quanto aos restos mortais d'Ele, contudo ainda se correm atrás de provocar um desatino sobre quendo O Grande Mestre dizia que ressuscitaria no terceiro dia. Contudo todas as especulações que se fazem ao assunto, nunca passou de nera frustrações ao depararem com nada em prol de prova de nada! O que mais os Antropólogos tem feito nestes últimos anos, foi nada mais nada menos que tentar provar um possível engodo da Bíblia, chegando a apresentar carta supostamente escrita por Albert Einsten, como uma das mais autênticas e coesa, contudo nada de novo é possível ver nos ditos de Ainstein, o que não seja tão simplesmente sua ideologia, assim como tenho a minha, e outros tem as suas.













***FRANCIS DE MELLO***   

Nenhum comentário:

Postar um comentário