Follow by Email

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

"DEPRESSÃO; UM SINTOMA QUE ESTÁ TENDO MAIOR RELEVÂNCIA JUNTO À SOCIEDADE, EMPRESAS, ONGs E IGREJAS EM TODO PAÍS"




Aumentam a quantidade de Ministérios Religiosos que ajudam mulheres em depressão.


A depressão é um mau que ataca as pessoas de modo em que elas menos esperam.
































Viajei o Brasil de norte a sul em minha jornada Missionária, e tenho encontrado diversas pessoas com a chamada doença "DEPRESSÃO", ao decorrer do tempo em que me dispus ao trabalho missionário voluntário me levou a fazer um aprofundamento dentro da Bíblia, para tentar entender o que leva uma pessoa a sofrer de tal mau. Contudo, mesmo depois de muito estudo, não consegui encontrar nem entender muito bem o que faz uma pessoa a ficar depressiva o que não seja a chamada falta de conhecimento/estudo, pois de acordo com a palavra de Deus vemos diversos pontos em que a Bíblia nos fala sobre a falta de conhecimento/estudo, nos leva a males que o próprio corpo não suportaria, bem como, essa falta, também nos leva à fragilidade espiritual e consequentemente nos causa o chamado transtornos espirituais.
Ora, se uma pessoa não tem conhecimento/estudo de certo assunto, jamais terá como discutir, dialogar, falar e até se defender quando necessário for. Veja o que disse o Profeta Isaías; "
Portanto o meu povo será levado cativo, por falta de entendimento; e os seus nobres terão fome, e a sua multidão se secará de sede. Isaías 5:13". Diante desse comentário e alerta do Profeta, é que devemos entender que o homem sem preparo jamais chegará a lugar algum. Confira o que disse o escritor do Livro aos Eclesiastes; "E apliquei o meu coração a esquadrinhar, e a informar-me com sabedoria de tudo quanto sucede debaixo do céu; esta enfadonha ocupação deu Deus aos filhos dos homens, para nela os exercitar. Eclesiastes 1:13". Pelo que se sabe, este escritor fora o Sábio Salomão, e vejam que ele não se exime tão pouco se exitou em dizer que fez de tudo para ter o chamado conhecimento/estudo sobre os homens num todo na face da terra.
Muito bem, assim sendo passamos a compreender que o o estudo é a base fundamental da vida humana no geral, oque nos leva a entender que os fracos de estudos/conhecimentos, são os que mais sofrem de alguma espécie de mau, tanto na área da saúde, quanto no que se diz respeito à trabalho e condição social e financeira. Logo, todos os que temos visto e conhecido com o tal mal depressivo, são exatamente as pessoas que são fracos no que diz respeito ao chamado estudo. 99% ou mais dos que adquiriram a expressão doentia depressiva, estão enquadrados na falta de estudos. Quando não são analfabetos, são semi. O que nos leva a entender que no país existam um grande número de pessoas depressivas, e, que inspiram cuidados expressivos, tanto na área educacional quanto a financeira, e isso só se pode resolver se os governos federal estaduais e municipais, se atentarem para esse fator com mais veemência.
Sabemos que muito já se avançou, contudo, ainda falta muito para se chegar num conceito melhor e de mais qualidade em nosso país. 

Vemos que, do norte ao Sul do País aparecem mulheres deprimidas por desilusão amorosa, gravidez indesejada ou outras causas maiores. E este caso de depressão, não só tem atacado as mulheres e meninas, mas também muito homens tem sido vítimas de tal problema. Claro que as causas são quase que idênticos, mas grande parte desses homens tem sofrido exatamente por falta do chamado estudo/conhecimento.

Trabalhos sociais empregados por empresas, ONGs ou Igrejas estarão sempre em evidência na sociedade. É alta a taxa de mulheres e seus correlatos familiares estarem com alguma debilidade emocional ou física. Em Minas Gerais, São Paulo ou Brasília a preocupação com a família não é diferente surgindo assim Ministérios específicos para combater os males que atacam a sociedade de hoje.
Segundos dados do IBGE(Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) a gravidez na adolescência ainda é um dado preocupante. A taxa de fecundidade médias das brasileiras apresenta desigualdades sobretudo em função da escolaridade.
É por meio de resultados como este que várias instituições se destacam pela preocupação corrente com aqueles sem condições sócio-educativas.
Podemos citar várias empresas que tem como “código empresarial” a ajuda humanitária e outros eventos que empregam socorro a pessoas sem qualquer condição financeira. Meios de comunicação também estão presentes nestes fatos humanitários tão importantes da sociedade.
A Rede Globo possui destaque em todo território nacional com o projeto “Criança Esperança”. Já o SBT possui o “TeleTon” que é de suma importância para as crianças com alguma debilidade física ou até mesmo psicológica. Além de grandes redes de televisão a Igreja de Deus também possui ótimos trabalhos sociais direcionados a família, já que esta é à base de qualquer sociedade. 
Em Minas Gerais existe o projeto AMGI(Apoio a Mulheres numa Gravidez Indesejada) da igreja Batista da Lagoinha. Em Brasília será criado o 12MGC(12 Meses de Graça com Conhecimento) que tem como alvo treinar vários líderes em todo território nacional para divulgação de princípios familiares, como educação de filhos e casamento.
Estas lideranças estão aparecendo em todo Brasil pela alta porcentagem de crescimento de abortos, desestruturação familiar, depressão feminina e outros males. Não é apenas a falta de princípios que afetam o Brasil, mas a falta de apoio do governo brasileiro. O desemprego cresce a cada dia e junto com ele a desestabilização financeira de várias famílias na nação.
A carência de trabalho é um grande responsável pelo aumento depressivo de uma sociedade.
Mesmo sem apoio governamental é importante a Igreja Evangélica se levantar para tratar destes e outras dificuldades. Não é preciso muito investimento para dar início, apenas a boa vontade e anseio por ver um país mais saudável.











***FRANCIS DE MELLO***

Nenhum comentário:

Postar um comentário