Follow by Email

segunda-feira, 24 de junho de 2013

"SBT, SILVIO SANTOS, E SUA RELIGIÃO"

Silvio Santos diz que não aluga horários no SBT para igrejas evangélicas por questão religiosa: “Judeu não deve alugar a televisão para os outros”


Silvio Santos diz que não aluga horários no SBT para igrejas evangélicas por questão religiosa: “Judeu não deve alugar a televisão para os outros”

Judeu não deve alugar a televisão para os outros



Senor Abravanel, nome de batismo do apresentador Silvio Santos, não é a única coisa que o grande público não conhece a respeito do empresário. Silvio é descendente de judeus, e segue a religião de seus ancestrais, mesmo sendo casado com uma evangélica, a autora de novelas Irís Abravanel.
Numa de suas raras entrevistas, Silvio Santos falou que não aluga horários no SBT para igrejas evangélicas por uma questão de princípios religiosos.
“Judeu não deve alugar a televisão para os outros. Você não sabe que os judeus perderam tudo quando deixaram outras religiões entrarem em Israel? A história é essa: no dia em que os judeus começaram a deixar que outros deuses fossem homenageados em Israel, os babilônios foram lá e tiraram o templo e jogaram os judeus para fora. O judeu não pode deixar que na casa dele tenha outra religião. É por isso que não deixo nenhuma religião entrar no SBT”, afirmou à Folha de S. Paulo.
Silvio Santos comentou ainda sobre a disputa pelo segundo lugar de audiência com a TV Record, que atualmente atravessa crise financeira: “Estamos lutando. O lugar [no ranking] é importante, mas a administração [correta da empresa] é melhor. A Record está perdendo um dinheirão. Por quê? Porque está administrando mal. Está jogando dinheiro fora [risos]“, disse o apresentador.
Segundo Silvio Santos, existem propostas para fazer um filme sobre sua história de vida, mas ele não aceita: “Por que eu não dou entrevista, não concordo com livro sobre mim, com filme? Se nenhum advogado, nenhum médico ou professor é cercado de todas essas regalias, eu também não devo ser”.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+


Sinceramente não vejo contradição em um religioso não aceitar ceder espaço em sua empresa à outra pessoa que não seja de sua religião.
Vendo por este lado precisamos entender que Silvio Santos é proprietário do canal de TV SBT, e por questões pessoal e religioso não sede espaço à outra religioso, outra religião que não seja a sua própria, mas também a sua não faz uso de espaço para tal. 
É claro e óbvio que os religiosos em geral já tentaram conseguir o tal espaço, mas, com sua decisão em não cede-lo muitos o tem como uma pessoa ruim, e vê seu lado religioso como uma ameaça aos costumes dos espirituais, principalmente os evangélicos no geral.
Vejo esta posição do Empresário como uma fidelidade à sua religião, o que os próprios evangélicos não costumam te-la, quando se trata da parte financeira. 
É certo que os muçulmanos são totalmente opostos ao que diz a Bíblia, que é de longe o livro santo da maioria das religiões do mundo, bem como o mais vendido. Porém, é preciso ressaltar que quem tem su fé e de um modo costumeiro não se deixa levar por outra doutrina, claro que existe as chamadas conversões, ou seja, a mudança de religião, em busca de melhorias espirituais, assim como a conversão de uma outra religião para a Evangélica, também existem a mesma da evangélica para outras, que no caso estes são chamados de desviados.Em meu modo de entender, cada um de nós temos nossa escolha de maneira clara, e esta nos foi dado por Deus, e por este motivos é  que nos tornamos responsáveis por nossa própria Salvação ou condenação, e isso não estou falando só no mundo religioso, mas em toda nossa existência de vida, seja no trabalho, casamento, preferência sexual, negócios, vícios dentre tantas outras escolhas.
No entanto, só pode ser feliz aquele que acredita ter feito uma escolha correta, ou seja, vive satisfeito com o que escolheu. Contudo, sua felicidade se completa ao saber entender o livre arbítrio dos demais, sem os condenarem por não fazerem parte de uma escolha que não seja a sua.  
O ser humano tem por mania de não aceitar a escolha dos outros se achando assim o senhor da verdade única, quando essa verdade única e exclusiva a Deus pertence, e nem Ele condena-nos por nossa escolha, porém nos adverte apenas de que ao fazermos esta escolha de modo errôneo teremos que arcar com as consequências, bem como ao fazermos a escolha acertada, assim também receberemos o devido pagamento por ela.
Portanto é preciso sabermos entender as escolhas de nosso próximo, e não só entender, mas também respeitar, mesmo que esta seja totalmente diferente da nossa, ou contraditório ao nosso entender. 
Só assim poderemos vivermos felizes conosco mesmos e estar de bem com todos e tudo que existe na face da terra, porém sempre retendo o que nos seja bom e excluindo o que nos faça mal. Devemos nos afastar de tudo o que não nos seja bom na vida material e espiritual.


***FRANCIS DE MELLO***

6 comentários:

  1. que horror... ele é um egoísta isso sim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá bom Erica minha amiga. Concordo com você que ele seja um egoísta sim, precisamos ressaltar que os muçulmanos são muito mais fiéis à sua religião.
      Mas em se vendo assim como você vê amiga, responde-me só uma pergunta; Fosse dona de uma rede de TV, você venderia horário para uma religião contrária à sua Fé? Acredito que não, mas você eu sabemos que hoje o dinheiro tem falado com mais autoridade em os seguimentos religiosos, isso é fato.
      Não acho que Silvio Santos esteja errado, a emissora é dele, tem o direito de restringir tudo o que não faça parte de sua vontade.

      Excluir
  2. Não vejo nada demais dele não querer ceder horário para religião alguma, assim como ele respeita a religião da sua filha que é evangélica e uma benção eu já tive o prazer de conhece-la, tem que se respeitar a dele.
    A autonomia que cada um tem de pensar é preciso respeitar e isso que muitos não entendem.
    Gostei muito da sua colocação parabéns Francis e o que mais me chamou a atenção na entrevista que ele deu foi a questão que ele não gosta nem que se fala de se fazer um filme sobre sua vida, pois tem pessoas muito mais nobres nos bastidores da vida que não são vistas e que fazem muito mais.
    ISTO MOSTRA HUMILDADE de um líder que ele é, falam que ele ajuda muito o povo, ajuda sim, mais ele é um empresário acima de tudo e que ganha por isso, agora quando se tem alguns artistas gospel que em menos de 1 ano já são consagrados pastores e sua história vira filme tudo interesse comercial, que vida tem este artista? Isto nenhum evangélico fala e quando um empresário como ele relata suas convicções religiosas queremos reivindicar o que?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro amigo Frederico Donadelli, fico mui gratificado por sua opinião.
      esta é de grande valor, pois se trata de um Líder Evangélico que tem uma opinião bem formada e um conhecimento na área religiosa, bem como no conceito pessoal sobre pessoas de diversos segmentos religiosos ou não.
      Que Deus continue usando você meu amado em seu trabalho no Programa Crescendo Espiritualmente, o que posso dizer que é um programa de valor espiritual/pessoal e cultural. FM 104.1, www.pereirabarretofm.com.br

      Excluir
  3. O Silvio esta certo, e acho que todos devem respeitar a opinião dele pois se todos fossem de princípios como ele é , o pais seria muito melhor de se viver .
    Que o Deus que habita em saúda o Deus que em todos vocês.

    ResponderExcluir
  4. Acho que ele esta correto temos quser fiel sim mas a religião e sim ao Deus esta dentro de nós , um Deus que cuida de nos e fala conosco quando estamos com eles. Gostaria muito de conhece lo pessoalmente para ter mais esta lição de vida.
    Mário Alberto Giacobb. - ANAMASTE

    ResponderExcluir